Vinhos que pode provar com uma nota de 10 euros (ou menos)

São 15 vinhos brancos, tintos e rosés que cumprem bem os requisitos.

Vinhos de boa qualidade a preços acessíveis? Sim, é possível. E nós queremos mostrar-lhe que com 10 euros já faz a festa.

O portal Contas Connosco by Cofidis reuniu 15 achados. São sugestões de vinhos brancos, tintos e rosés com uma boa relação qualidade/preço. Cá vai disto:

Vinhos brancos e verdes

Quinta de Azevedo Reserva 2017 (cerca de 7€): vinho claro e brilhante com tons esverdeados. Cremoso e com sabor a fruta madura, possui uma acidez viva e é um vinho com vocação gastronómica.

Monólogo Arinto Branco 2017 (cerca de 7,50€): vinho monocasta, produzido com uvas da Quinta de Santa Teresa, com recurso a práticas de agricultura sustentável. É fresco, tem aromas delicados e uma boa acidez.

Lavradores de Feitoria Branco 2017 (cerca de 4€): com uma cor palha limão e boa densidade aromática, apresenta fruta fresca, lembrando ameixa branca e melão. É fresco, mineral e muito suave.

Leia também: Sete restaurantes acabadinhos de abrir em Lisboa

Casa Ferreirinha Papa-Figos Branco 2016 (cerca de 6,49€) – apresenta uma cor brilhante com nuances esverdeadas. O aroma é intenso, sobressaindo os frutos tropicais como o ananás e o maracujá, frutos brancos e notas minerais. Tem bom volume, acidez viva e acompanha mariscos, peixes, carnes brancas, massas e saladas.

Planalto DOC Reserva Branco Douro (cerca de 6,65€): tem cor brilhante com tons esverdeados, aroma muito intenso, sobressaindo os frutos brancos (melão e pera), frutos tropicais (alperce e maracujá) e alguma mineralidade. É produzido na Região Demarcada do Douro.

 

Vinhos tintos

Vicentino Tinto 2015 (cerca de 7,50€): tinto alentejano que provém de uvas dos terrenos na Zambujeira do Mar. É fresco e produzido a partir das castas Touriga Nacional, Aragonês e Syrah.

Contos da Terra Tinto 2016 (cerca de 5,55€): tem um aroma frutado, com predominância dos frutos vermelhos, destacando-se a cereja. É ideal para acompanhar carnes vermelhas e brancas, estufadas e grelhadas.

Tyto Alba 2013 tinto (cerca de 6,80€): resulta da localização das suas vinhas envolvidas por uma floresta, a Sul da região Tejo.

Monte Velho tinto (cerca de 5,65€): vinho alentejano produzido na herdade do Esporão, com cor rubi e aroma de fruta vermelha madura. Foi lançado pela primeira vez em 1992 e o seu nome deve-se a um monte situado junto à albufeira da Caridade, na Herdade do Esporão. Acompanha bem com pratos de carnes grelhadas ou assadas e queijo.

Quinta de Cabriz DOC Colheita Selecionada Tinto Dão (cerca de 5,99€): apresenta um aroma com algum impacto, bom fruto, tostados, minerais e apara de lápis. É ideal para acompanhar peixes assados no forno, carnes brancas assadas, carnes vermelhas guisadas e assadas e queijos macios.

 

Vinhos Rosé

Quinta dos Carvalhais rosé 2017 (cerca de 6,49€): com uma cor blush, tem um aroma suave a frutas do bosque como framboesas e amoras. É muito versátil, podendo ser bebido como aperitivo ou a acompanhar sushi, pratos de peixe, marisco, saladas ou até carnes brancas leves.

Leia também:Seis spots para comer sushi em Lisboa e no Porto

Quinta da Alorna rosé 2017 (cerca de 4,99€): revela um aroma frutado e, assegura quem o criou, é marcado pela groselha, framboesa e morango. Acompanhe com pastas, saladas e sushi.

Herdade São Miguel (cerca de 5€): acompanha bem com peixes grelhados, marisco, sushi e saladas. É um rosé da alentejana Herdade de São Miguel, muito fresco e mineral.

Santa Vitória Versátil rosé (cerca de 3,50€): tem um aroma de frutos vermelhos, tais como morango e framboesas.

S. Sebastião rosé 2017 (cerca de 4€): com cor rosada, notas florais e morango, trata-se de um vinho fresco, frutado e suave.

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
«Esperamos que o consumidor comece a valorizar os conteúdos pagos»
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado