Vai nascer um hotel de luxo na Junqueira

Dono do Pine Cliffs avança com projecto turístico-imobiliário a inaugurar em 2020.

Ao lado do Centro de Congressos de Lisboa, prepara-se para nascer um projecto turístico com hotel e apartamentos de luxo da cadeia norte-americana Hyatt, que entra, pela primeira vez, em Portugal. Envolve um investimento de 70 milhões e deverá estar concluído no próximo ano.

O futuro Hyatt Regency Lisboa resulta de um contracto de franshing assinado entre a Hyatt e a Realtejo – Hotelaria e Turismo, empresa subsidiária da Fibeira e da United Investments Portugal, dona do Pine Cliffs Resort, no Algarve, e do Sheraton Cascais Resort. O projecto em Lisboa representa, assim, a expansão da marca na Europa e junta-se a projectos como o Hyatt Regency Nice Palais de la Méditerranée, Hyatt Regency Barcelona Fira e Hyatt Regency Hesperia Madrid, estes dois últimos previstos abrir brevemente. 

Posicionado como um cinco estrelas superior, o Hyatt Regency Lisboa terá cerca de 200 quartos, suítes e apartamentos. Também incluirá restaurante, ginásio e um spa da marca Serenity, piscina e bar no rooftop com vista para o rio Tejo.

Este será o primeiro hotel que a Hyatt abre em nome próprio em Portugal, embora já tenha 10 unidades inauguradas em parceria. O grupo é dono da Pousada Mosteiro Guimarães, da Pousada de Lisboa, da Pousada Palácio de Estoi, do Hotel da Estrela, do Hotel Infante Sagres, do Alentejo Marmoris Hotel & Spa e do Carmo’s Boutique Hotel. Participa, ainda, na Quinta da Comporta e na Quinta das Lágrimas.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira