The Chedi Club Tanah Gajah, a beleza de Bali

Exotismo e beleza singular são as duas características que distinguem este de outros resorts de Bali. The Chedi Club Tanah Gajah acolhe de braços abertos.

Hoje sugerimos uma visita ao The Chedi Club Tanah Gajah. Claro que não fica propriamente perto, pois, geograficamente, vamos encontrá-lo na ilha de Bali. Mas garantimos-lhe que vale a pena uma visita. E vale porquê?

Uma mão cheia de razões…

…fazem deste um resort especial. Localizado no centro da ilha de Bali, a mais conhecida do arquipélago indonésio, Ubud tem a fama de ser o centro da comunidade artística balinesa, à qual alia as paisagens impressionantes que deixam qualquer um sem palavras. Ubud parece descansar aninhado no estado privado de Tanah Gajah, escondido do mundo pelos ondulantes montes que povoam esta região balinesa.

Foi precisamente nesse cenário que descobrimos The Chedi Club Tanah Gajah, um universo de tranquilidade onde nos deparámos com 20 villas e suites espalhadas por uma paisagem rural de cerca de 5 hectares por entre jardins maravilhosos e campos de arroz.

Distando perto de 38 km do Aeroporto Internacional de Ngurah Rai, 35 km da conhecida praia de Seminyak Beach e 6,3 km do centro de Ubud, o resort foi desenhado por Hendra Hadiprana, responsável não só pela concepção arquitectónica dos espaços, mas também pela concretização das áreas que circundam o resort e de toda a decoração de interiores. Isto levou a uma harmonização extrema entre interior e exterior como temos visto em poucos destinos, onde normalmente diferentes pessoas são encarregues da concretização das diferentes áreas. A continuidade entre o que podemos aproveitar nas zonas exteriores e o conforto proporcionado no interior dos espaços do resort, sejam eles públicos ou comuns, é um dos elementos que mais se destaca quando chegamos a The Chedi Club Tanah Gajah.

Interiores distintos

Feito o check-in, fomos descobrir os encantos dos aposentos, onde a magia que tínhamos percepcionado à chegada tomou realmente forma. Divididos em quatro categorias (One Bedroom Suite, One Bedroom Pool Villa, One Bedroom Spa Villa e The Hadiprana Villa), cada um está decorado com uma série de artefactos oriundos da famosa colecção Hadiprana, sendo que todas as suites e villas acolhem o melhor do design balinês tradicional oferecendo aos hóspedes o melhor do conforto contemporâneo.

As duas dezenas de refúgios privados que o resort alberga vão certamente agradar a quem chega no âmbito de uma viagem romântica ou àqueles que se deslocam a Bali, acima de tudo, para desvendar as maravilhas naturais da ilha. Enquanto as suites se debruçam sobre as lagoas de lótus, as pool villas oferecem um mergulho na tranquilidade; as spa villas proporcionam momentos de ultra privacidade, sendo o topo da exclusividade, no que aos aposentos do resort diz respeito, ocupado pela Hadiprana Villa. Hendra Hadiprana, dono e fundador do resort, construiu originalmente este aposentos para servir de aposentos privados para si e para a sua mulher. Com 550 metros2, está decorado com maravilhosas obras de arte, antiguidades e artefactos oriundos da sua vastíssima colecção privada. No exterior, os hóspedes que ali pernoitarem vão deparar-se com uma piscina apelativa com 10 metros para seu uso exclusivo.

Distinta gastronomia

Picante e “spicy” é assim a gastronomia de Bali. Mistura de sabores e aromas fazem dela um must de qualquer visita à região. Legumes, carne e peixe são confeccionados de uma forma que os seus sabores saem ainda mais apurados, fazendo as delícias do palato do gourmet mais exigente. No The Restaurant, principal espaço gastronómico do hotel, é um pouco disto que os visitantes vão poder descobrir. Do menu constam uma série de sugestões baseadas na cozinha indonésia e asiática, surgindo algumas com influências ocidentais, o que transforma cada refeição numa descoberta de aromas, sabores e conjugações. Das suas janelas, os visitantes podem perder o olhar sobre a vastidão dos belíssimos campos de arroz que circundam o resort. Adjacente ao espaço de refeições, existe o The Club Lounge, espaço mais do que perfeito para tomar o chá das cinco, um cocktail ou aperitivo antes do jantar.

Mais descontraído, mas de igual qualidade, o Pool Bar localiza-se no sundeck perto da piscina, sendo por isso mesmo um dos espaços mais requisitados pelos hóspedes no decurso do dia que ali procuram tomar uma bebida fresca ou saborear uma refeição light. A estas duas opções acresce uma terceira, a de tomar a refeição na sua suite ou villa, sendo que os hóspedes o podem fazer 24 horas por dia, sete dias por semana, bastando para tal escolher de entre as opções do menu de gastronomia asiática e ocidental, solicitar directamente ao room service e degustar.

Quando a “preguiça” aparece

Esta é uma preguiça sem pecado, pois ganha asas e voa rumo ao… spa. Lá dentro um conjunto de experientes terapeutas aguardam a visita dos que ambicionam alcançar um pouco mais de bem-estar e saúde, física e psíquica. Em redor do spa do resort, inúmeros campos de arroz a perder de vista transmitem uma tranquilidade única, factor necessário para que os tratamentos sejam perfeitamente assimilados pelos visitantes, tratamentos e terapias como a massagens Chedi Jade e o clássico banho de mãos indonésio que inclui uma massagem à cabeça, ombros, braços e mãos. De sonho! http://www.ghmhotels.com/en/chedi-club-bali/home/#home

Chegar a The Chedi Club Tanah Gajah

Para chegar ao resort é disponibilizado um transfere privado, pelo que aqui deixamos uma informação mais pormenorizada:

– Ngurah Rai International Airport, 38 km, cerca de 90 minutos;

– Seminyak Beach (The Legian Bali), 35 km, cerca de 60 minutos;

– Ubud Centre (Monkey Forest – Ubud Art Market and Ubud Palace), 6,3 km, cerca de 15 minutes.

Por Sandra M. Pinto

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
O Natal da Meo rima com Apple TV
Automonitor
Novo VW ID. Space Vizzion tem 560 km de autonomia