Projecto da Aldeias Histórias de Portugal mede impacto dos territórios

Os promotores consideram que o modelo pode ser replicado a nível nacional e internacional.

A rede Aldeias Históricas de Portugal (AHP) criou um projecto-piloto, denominado PlowDeR, para medir o impacto económico e social das actividades geradoras de riqueza nos territórios de baixa densidade, cujos resultados vão ser apresentados em Linhares da Beira no dia 3 de Abril.

A iniciativa, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), foi desenvolvida pela AHP, o Instituto Superior de Contabilidade e Administração da Universidade de Aveiro, o Instituto Politécnico da Guarda e a Turismo Centro de Portugal. Durante 18 meses, desde Setembro de 2017, foram estudados os 12 territórios das AHP.

“O Projecto PlowDeR [acrónimo para “Framework para Análise do Impacto Económico e Social das Atividades Turísticas nos Territórios de Baixa Densidade: o Caso das Aldeias Históricas de Portugal”] é, assim, absolutamente pioneiro, uma vez que foi criado com o objectivo de dar resposta às lacunas na recolha de informação estatística nos territórios de baixa densidade – em especial à falta de dados qualitativos. O impacto económico e social dos territórios de baixa densidade em geral, e das AHP, em particular, não está suficientemente estudado, por falta de indicadores”, segundo um comunicado dos prometores.

A AHP  vai ainda mais longe, considerando que o modelo pode ser replicado a nível nacional e internacional. “A má qualidade dos dados, a sua pertinência e a indisponibilidade de dados desagregados sobre dimensões importantes para o desenvolvimento são factores que se apresentam como um grande desafio. Como resultado deste quadro débil, muitos governos nacionais, regionais e locais continuam a depender de dados desactualizados ou dados de qualidade insuficiente para o devido planeamento e tomada de decisões”, defende.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira