Para onde vão os turistas? O que fazem? E quanto gastam?

The Lisbon MBA e Turismo de Portugal lançam um concurso a nível mundial para encontrar ferramentas de análise dos comportamentos dos turistas em Portugal.

Para além de promover a inovação e empreendedorismo, o objectivo deste desafio é desenhar métodos e estratégias que permitam a recolha e sistematização de informação de valor para os diferentes stakeholders a actuar na área do turismo. Para João Cotrim Figueiredo, presidente do Turismo de Portugal, é essencial conhecer melhor os turistas para manter a competitividade. «Aliás, de uma forma geral, as boas decisões das empresas do sector dependem de haver informação fiável e atempada», afirma.

As ideias apresentadas vão servir para enriquecer o conhecimento existente sobre os comportamentos e actividades de turistas e contribuir para a gestão deste sector nas diferentes partes do mundo, nomeadamente em Portugal, onde o Turismo representa 15% das exportações, 8% do emprego total e 5% do PIB.

«Identificámos um sector estratégico a nível mundial e de importância acrescida em Portugal e quisemos ajudar a colmatar um problema de gestão, a falta de informação», diz Anabela Possidónio, directora executiva do The Lisbon MBA. «Só é possível gerir aquilo que se pode medir, mas ainda há muito desconhecimento sobre a atividade dos turistas no mundo», acrescenta.

O concurso vai valorizar mecanismos inovadores, como crowdsorcing e data mining das redes sociais, dispositivos móveis ou operadores de telecomunicações que permitam a recolha e análise de informação. “Turistas… Onde vão? O que fazem? Quanto gastam?” são as questões que se esperam ver respondidas em Setembro, altura em que será seleccionada a ideia vencedora, premiada com dez mil euros. Outros dois finalistas receberão também dois mil euros cada um.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
Elétricos: Galp vai inaugurar primeiro ponto de carregamento em São Miguel