Para onde vão os turistas? O que fazem? E quanto gastam?

The Lisbon MBA e Turismo de Portugal lançam um concurso a nível mundial para encontrar ferramentas de análise dos comportamentos dos turistas em Portugal.

Para além de promover a inovação e empreendedorismo, o objectivo deste desafio é desenhar métodos e estratégias que permitam a recolha e sistematização de informação de valor para os diferentes stakeholders a actuar na área do turismo. Para João Cotrim Figueiredo, presidente do Turismo de Portugal, é essencial conhecer melhor os turistas para manter a competitividade. «Aliás, de uma forma geral, as boas decisões das empresas do sector dependem de haver informação fiável e atempada», afirma.

As ideias apresentadas vão servir para enriquecer o conhecimento existente sobre os comportamentos e actividades de turistas e contribuir para a gestão deste sector nas diferentes partes do mundo, nomeadamente em Portugal, onde o Turismo representa 15% das exportações, 8% do emprego total e 5% do PIB.

«Identificámos um sector estratégico a nível mundial e de importância acrescida em Portugal e quisemos ajudar a colmatar um problema de gestão, a falta de informação», diz Anabela Possidónio, directora executiva do The Lisbon MBA. «Só é possível gerir aquilo que se pode medir, mas ainda há muito desconhecimento sobre a atividade dos turistas no mundo», acrescenta.

O concurso vai valorizar mecanismos inovadores, como crowdsorcing e data mining das redes sociais, dispositivos móveis ou operadores de telecomunicações que permitam a recolha e análise de informação. “Turistas… Onde vão? O que fazem? Quanto gastam?” são as questões que se esperam ver respondidas em Setembro, altura em que será seleccionada a ideia vencedora, premiada com dez mil euros. Outros dois finalistas receberão também dois mil euros cada um.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
Chevy Suburban: O primeiro carro com uma estrela em Hollywood