O novo restaurante da Ajuda tem sabores alentejanos e vinho de talha

É um projecto familiar que trabalha a cozinha portuguesa.

O número 14 da Calçada da Ajuda, em Lisboa, tem um novo inquilino. Chama-se O Frade e é uma taberna tipicamente alentejana, criada por dois primos, Sérgio Frade e Carlos Afonso, unidos pela tradição familiar.

O nome é uma homenagem ao restaurante O Frade de Beja, que pertencia aos seus avós. Fechado há mais de 20 ano, era conhecido pelo tradicional “despique” no final das refeições, em homenagem ao cante alentejano.

Enquanto a avó cozinhava, o avô Frade dedicava-se à produção de vinho da talha, que Sérgio e Carlos servem hoje. “Estes vinhos, todos exclusivamente de talha, hoje são produzidos pelo meu pai. Eles reflectem o nosso terroir, a nossa essência, são algo muito especial para nós, que partilhamos apenas com os nossos clientes”, explica Sérgio Frade, que assume o papel de anfitrião ao balcão, que serve os clientes como velhos amigos.

Já o chef Carlos Afonso trabalhou com Hans Neuner, no Ocean, no Algarve, o chef Alexandre Silva, no Marmóris, em Vila Viçosa, e em Espanha, no Azurmendi, com o chef Eneko Atxa. “Tive a oportunidade de trabalhar com grandes chefs, em restaurante de renome nacionais e internacionais, que me deram as ferramentas necessárias para aperfeiçoar os pratos tradicionais que aprendi a cozinhar com a minha mãe. Sinto-me realizado ao interpretá-los à minha maneira”, conta.

“É importante para nós trabalharmos com os melhores produtos, sazonais e regionais”, sublinha. Ovos com túbaras, muxama de atum, papada à alentejana e o faisão de escabeche são alguns dos petiscos em destaque no menu, que vão variado. Quanto aos pratos principais, o arroz de pato é a especialidade.

Percorra a fotogaleria abaixo e conheça melhor o espaço e os pratos:

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Domino’s Pizza vai deixar quatro mercados europeus
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista