Nova experiência de viagem no A350-900

O A350-900 dá aos passageiros da Lufthansa uma experiência de viagem mais confortável. Graças à sua cabina mais larga, os passageiros têm não só uma sensação de mais espaço, como o têm na realidade. Uma secção de autosserviço na Business Class dá mais conforto aos passageiros, mais novos lugares na Economy Class e monitores maiores. Graças a um conceito especial de iluminação, os passageiros chegam mais relaxados ao seu destino.

Pela primeira vez, a Lufthansa vai oferecer aos seus clientes um novo serviço no A350-900. Os passageiros em Business Class poderão servir-se pessoalmente de bebidas entre as refeições. Numa zona de autosserviço especialmente criada para o efeito, os passageiros têm à sua disposição um vasto leque de snacks. As bebidas frias estão num frigorífico.

Os passageiros em Economy terão no futuro assentos mais ergonómicos bum novo esquema de cores. E haverá também no future mais espaço para guardar a bagagem de mão.
Em todas as classes, os passageiros terão à sua disposição a última tecnologia FlyNet, podendo navegar ainda melhor na net nas nuvens. Os monitores serão mais largos com uma interface de utilizador melhorada e mais avançada.

Graças ao design especial do A350-900, a pressão da cabina durante o voo é muito agradável, o que permite que os passageiros se sintam mais descansados, comparável a uma altitude de 1 800 metros, em comparação com 2 400 metros de altitude em avião idêntico. O efeito é ainda melhorado por um conceito inovador de iluminação, havendo um total de 12 cenários de luz, que podem ser empregues de modo a que os passageiros possam adaptar melhor o seu biorritmo à hora local do seu destino.

A Lufthansa terá os seus dez primeiros aviões Airbus A350-900 em Munique em janeiro de 2017. Os destinos iniciais serão provavelmente Nova Deli e Boston. O avião terá 293 lugares: 48 em Business, 21 em Premium Economy e 224 em Economy.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Cristiano Ronaldo promove curso que ensina a ser influenciador
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio