North Island Seychelles, paraíso privado

Estale os dedos para ter a certeza que não está a sonhar. North Island Seychelles, o refúgio mais desejado e exclusivo do oceano Índico apresenta-se.

No ritual de recepção do North Island Seychelles há um momento obrigatório: uma massagem de vinte minutos. Este gesto marca o antes e o depois, entre o mundo de bulício que deixamos para trás e a experiência revigorante, única e exclusiva que se segue.

Olhamos à volta e tudo o que a vista alcança é o verde das árvores que nos rodeiam e a linha do horizonte, onde o céu encontra o mar. O infinito no nosso olhar mede as possibilidades da experiência que o North Island tem para nos oferecer.

Todas as villas do resort estão dispostas ao longo da praia para responder à maior necessidade dos seus hóspedes: privacidade. Quem escolhe o North Island Seychelles, não quer ser incomodado. Por isso, em toda a ilha existem apenas 11 villas com 450 metros quadrados. E, apesar de estarmos num paraíso no meio do oceano Índico, longe das nossas cidades de betão, é impossível não nos sentirmos em casa. É como se tivéssemos nascido para viver uma aventura digna de Robin Crusoé… com todo o conforto. As villas estão construídas acima do nível do solo em madeira, pedra e vidraria das Seychelles, os têxteis em branco dão o toque harmonioso e sereno de um refúgio à beira-mar. Afinal são precisos apenas dois passos para estar na praia Anse d’Est. Ou nem isso, se apetecer ficar pela piscina privativa.

Sol e praia

O North Island Seychelles ocupa toda a ilha abandonada nos anos 70, depois do colapso da indústria do côco. Quando os habitantes a deixaram, deixaram também os seus animais e plantas que ameaçavam destruir o coração deste paraíso na terra. Por isso, à decisão de construir o resort, juntou-se a de reconstruir o ecossistema original da ilha. O projecto de sustentabilidade ambiental, que tem como objectivo dar à ilha o esplendor natural, selvagem e intocado dos seus tempos originais, conta com o apoio e controlo dos organismos governamentais de conservação do meio ambiente. Três espécies de ave que estavam em risco já voam livremente pela ilha. Uma delas, o Magpie Robin, é uma das espécies mais raras do mundo. As tartarugas gigantes já sabem que têm um refúgio seguro na ilha e convivem em harmonia com as pessoas que aproveitam para as conhecer. É aliás aqui que encontramos a única regra da ilha numa tabuleta que diz “proibido sentar nas tartarugas”.

Lazer versus preservação

E é assim o lazer em North Island: em comunhão com a natureza. Há bicicletas disponíveis para descobrir a ilha, assim como buggies e caiaques que dão toda a independência para explorar os lugares mais recônditos deste éden. Para os aficionados do mergulho e do snorkelling ou para quem se quer iniciar numa destas actividades, o resort tem uma escola de mergulho, onde todas as aulas são privadas. E já se sabe que não se pode passar pelas Seychelles sem ficar a conhecer o fundo do mar, um dos mais bonitos do mundo. A pesca de peixes voadores também é um desporto muito apreciado e promete memórias divertidas.

Depois de todo o exercício, basta regressar à villa e adaptar um dos três conceitos de programas de massagem à nossa medida. Os terapeutas sempre disponíveis e amáveis garantem um momento de agradável descontracção.

Saborear a Piazza

A Piazza, o único espaço comum a todos os hóspedes, é o sítio ideal para apreciar o pôr-do-sol avermelhado do Índico. O espaço lounge elegante e romântico, iluminado por velas ao cair da noite, com vista para o mar e emoldurado pela montanha, é um cenário irresistível para provar os sabores das Seychelles, numa preparação exclusiva do chef Neil Wager (ver caixa). Os produtos ricos e exóticos da gastronomia da ilha são combinados, respeitando as suas raízes francesa, indiana e crioula, num festim de sumptuosidade e sabor.

É também na Piazza que encontramos uma piscina de 45 metros, a adega onde somos convidados a entrar para escolher o nosso vinho – com a ajuda de especialistas – e a biblioteca. O santuário dos livros é provavelmente o edifício mais icónico do resort onde até as conchas foram integradas na decoração, por isso, desfrute e demore-se na escolha do livro.

Este é o paraíso na terra escolhido por estrelas de rock, protagonistas de filmes de Hollywood e até príncipes e princesas, como William e Kate, membros da família real britânica, que escolheram o North Island para a lua-de-mel. Não é difícil perceber porquê.

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Já é Natal lá fora… Conheça as primeiras campanhas
Automonitor
Belos e furiosos: 25 modelos para entender os anos 80 e 90