Mandarin Oriental Sanya, with love from China

Conhecida em todo o mundo pela elevada qualidade das suas unidades, a cadeia hoteleira Mandarin Oriental dá seguimento à sua coleção de hotéis com a recente abertura da unidade de Sanya, na China. Um mundo de exotismo e muito luxo que espera por si…

O Oriente é outro mundo, ouvimos dizer quem por lá andou, como é o nosso caso. Este é um facto facilmente constatável ao depararmo-nos com o local escolhido pela prestigiada Mandarin Oriental para dar continuidade à sua aventura por terras chinesas. Sanya, uma ilha localizada no sul do território, surge como uma jóia a descobrir. Escondida de olhares mundanos durante décadas, é, desde a inauguração do Mandarin Oriental homónimo um ponto de interesse, procurado por quem deseja aliar o descanso à praia, pontuados com doses de classe e de exotismo.

Sanya a mais meridional   

É no ponto mais a sul da República Popular da China que vamos encontrar Sanya. Mar, areia e palmeiras é a trilogia que dá fama e encanto a este éden anteriormente perdido.

A verdade é que encontrar um paraíso exótico na Ásia não é de todo impossível, aliás, é muito fácil. O que é realmente espantoso e novidade para quase todo o mundo é perceber que este género de paraíso também existe na China! Localizada na mais pequena província chinesa, Hainan (sul do mar na língua local), a qual tem também a curiosidade de ser constituída por um arquipélago, Sanya é uma pequena localidade portuária. A sua importância tem vindo a crescer muito devido ao facto de ser um dos pontos estratégicos na actual política de investimento no turismo seguida pelos responsáveis da região que pretendem dar uma maior visibilidade às praias paradisíacas e às montanhas que pontuam na região (a mais alta, Wazhi, mede 1840 metros).

Mantendo praticamente intacta a beleza natural que tanta fama lhe tem trazido, a região facilmente demonstrou possuir as características exigidas pela Mandarin Oriental para morada de um dos seus resorts de luxo.

Dreamtime

Cada pavilhão, cada aposento, cada recanto demonstra o cuidado e a atenção com que o resort foi concebido. Com décadas de experiência e com créditos mais do que firmados no universo hoteleiro mundial, a cadeia empregou no Sanya todo o seu conhecimento e know-how, facto reconhecido pelos visitantes.

Aceder ao Sanya é entrar num mundo mágico pleno de conforto e muita comodidade onde o luxo pontua como a cereja no topo do bolo.

Da janela do nosso aposento a panorâmica é inesquecível, pois aos nossos pés o mar do Sul da China tornava reais todos os nossos desejos de calma e tranquilidade. Mas estejam virados para o mar, para a praia ou para os jardins, os aposentos, todos extremamente espaçosos, estão decorados com uma opção por um design contemporâneo com toques decorativos inspirados na cultura da minoria étnica de Sanya. Uma harmonia impossível de encontrar em qualquer outro lugar do mundo.

À mesa

Há duas horas sagradas no Sanya: aquela que leva os visitantes ao spa e a outra que os incita a visitar os restaurantes do resort. À certeza de uma qualidade ímpar em qualquer um dos vários espaços de restauração, junta-se a variedade gastronómica que os diferencia, fazendo de cada refeição, uma nova descoberta. Concebidos e localizados em posições estratégicas, cada espaço surge com vistas para a baía de coral ou para o mar da China, e decorados com extremo bom gosto e muita elegância.

Não é muito vulgar o restaurante de assinatura ser gastronomicamente dedicado unicamente aos grelhados especificamente de marisco. Mas também aqui o Mandarin Oriental pontua pela diferença, pois é isso mesmo que acontece. Localizado de frente para a praia, Fresh é um restaurante especial, pois levando ao limite o significado de el fresco, não tem telhado! O grill também ele diferente de todos os que até então tínhamos conhecido, pois é feito de madeira e coco, é usado para dar corpo a iguarias únicas que muito por culpa das matérias-primas usadas adquirem sabores exóticos e verdadeiramente diferentes. Cozinhadas de acordo com os métodos mais tradicionais do sudeste asiático, onde se descobrem toque dos melhores chefs europeus, as propostas variam entre as sugestões asiáticas combinadas com entradas tipicamente provençais.

Fazendo justiça à sua localização geográfica, o resort surpreende com um restaurante de gastronomia chinesa extremamente sofisticado, onde são trazidas até aos hóspedes autênticas maravilhas gastronómicas da cozinha cantonesa num ambiente de pura elegância. Situado no edifício principal Yi Yang, ou perto do mar em cantonês, está aberto para almoços e jantares durante os quais dançam pelas mesas dos visitantes iguarias à base de peixe, de marisco e de carne. Fãs que somos da gastronomia cantonesa, aqui confessamos que nos foi impossível resistir aos dumplings de camarão, ao congee caseiro e aos buns (variedade de pão doce) com carne de porco. Ao olharmos em redor e atentarmos com mais cuidado na decoração deste espaço destacamos as suas linhas graciosas e os materiais luxuosos que se harmonizam para trazer até nós evidentes toques reminiscentes da China Imperial. Além da sala de refeições principal, Yi Yang possui seis pequenas salas privadas.

Passeando pelo resort apercebemo-nos da importância das refeições e da valorização dada pelos responsáveis do resort aos espaços onde as mesmas são realizadas. Daí não termos ficado admirados com a qualidade do Pavilion, que, muito provavelmente, concebido para ser um restaurante menos importante, assume no cômputo dos espaços de restauração do resort uma enorme importância. Localizado perto da piscina é requisitado ao pequeno-almoço, almoço e jantar por quem procura tomar uma refeição de uma forma descontraída. Aos sumos e saladas, juntam-se uma variedade de pratos asiáticos e mediterrânicos.

Um dos factores aliciantes de resorts como o Mandarin Oriental Sanya é o facto de os hóspedes terem ocasião de experimentar várias cozinhas, como os tão famosos e apreciados noodles. Mee & Mian é o spot certo para degustar esta maravilha gastronómica asiática à base de massas cozinhadas das mais criativas formas. Sem dúvida, a não perder.

Em complemento aos espaços de restauração o Sanya oferece vários bares onde se podem degustar vinhos, champanhes ou cocktails, como é o caso do Sunset Bar, do MO Blues (particularidade de ser um complementado por um cigar lounge) e do Lobby lounge.

No spa

Tal como nos outros membros da cadeia hoteleira, também o Sanya possui um spa, este é, aliás, um dos aspectos mais valorizados pelos responsáveis, que incentivam os hóspedes a conhecer e a usufruir de todos os serviços ali disponibilizados. Fomos encontrar o spa do Sanya num espaço à parte, aninhado na encosta. Recebidos com um sorriso, fomos de imediato invadidos pela sensação de termos chegado a um local verdadeiramente especial. Os visitantes podem encontrar ali uma abordagem holística ao bem-estar, aliando à vasta lista de tratamentos um sem-número de tradições oriundas um pouco de todo o mundo.  São 3200 metros2 onde estão instaladas 18 salas de tratamento. Além dos tratamentos corporais e de rosto, o spa oferece também consultas de medicina tradicional chinesa.

O que era uma sensação quando ali chegámos, transformou-se numa certeza quando lentamente regressamos à vida real.

De referir que além dos normais desportos aquáticos disponibilizados pelos resorts vizinhos do mar, o Mandarin Oriental Sanya tem um escola de cozinha, onde os hóspedes podem aprender ou aperfeiçoar técnicas culinárias que no regresso a casa vão certamente fazer sucesso.

Em redor

A limusina que vai buscar e levar os hóspedes ao aeroporto pode ser solicitada para transportar os visitantes até alguns dos pontos turísticos em redor do Mandarin Oriental Sanya. Pela nossa parte sugerimos que visite:

O Fim da Terra: localizado a 35 km um promontório que oferece maravilhosas panorâmicas sobre o mar;

Reserva Natural Jianfeng Peak: um pouco mais longe, a 1h40 de distância esta reserva alberga a maior floresta tropical da China. Este é o spot certo para os amantes de observação de pássaros, apreciadores da vida em natureza e dos interessados na tradicional medicina chinesa.

Por Sandra M. Pinto

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira