Madeira de braços abertos para receber os visitantes

A Associação de Promoção da Madeira (APM) acaba de lançar um vídeo demonstrativo da chegada ao aeroporto, depois da abertura do destino ao turismo.

Dia 1 de Julho marcou a reabertura da Madeira ao turismo e o início da operação no aeroporto, que inclui teste à Covid-19 para quem desembarcar na ilha. No primeiro dia registou-se a chegada dos quatro voos, vindos de Lisboa e Porto. Nesse dia chegaram à região 425 passageiros, dos quais 243 foram testados no aeroporto. Os testes demoraram em média menos de uma hora e todos deram negativos. E, para assinalar o relançamento do turismo na Madeira, a APM lançou um vídeo demonstrativo da chegada ao Aeroporto Internacional Cristiano Ronaldo, no âmbito do projeto “Madeira Safe to Discover”.

Segundo Nuno Vale, Diretor Executivo da Associação de Promoção da Madeira, o primeiro dia de abertura do aeroporto com testes à chegada foi “um verdadeiro sucesso. Todos os testes foram feitos em tempo record e num ambiente simpático, onde os nossos turistas foram brindados com algumas ofertas. Foi montada uma mega estrutura no aeroporto da Madeira, pensada ao detalhe, para proporcionar uma boa experiência na Madeira, desde a chegada. É um esforço muito grande que a Região está a realizar, para garantir segurança a quem nos visita e também dos nossos residentes, em prol do sucesso do Destino Madeira. A Região está de parabéns não só por estar praticamente livre do vírus, como também por ter implementado controlos rigorosos à entrada, de uma forma eficiente, mantendo no entanto o sentimento de uma boa experiência turística”.

De recordar que a partir de 1 de Julho o regime de quarentena é substituído pela obrigatoriedade de apresentar ou realizar um teste à Covid-19 após o desembarque na Madeira ou em Porto Santo. Os passageiros podem optar por fazer o teste no destino de origem, que terá de ter uma validade de um máximo de 72h antes de chegarem à ilha ou poderão fazer o teste no aeroporto. Ao novo sistema de controlo de passageiros estão destacados mais de 200 profissionais de diferentes serviços, na sua maioria da área da saúde, com permanência de 60 a 70 profissionais só no aeroporto.

Na sequência desta medida, foi ainda estabelecida uma parceria entre o Governo Regional da Madeira e a NOVA Medical School–Universidade NOVA de Lisboa, através da qual o CEDOC – Centro de Estudos de Doenças Crónicas passa a realizar gratuitamente testes de diagnóstico COVID-19 a quem viajar para a Madeira com partida de Lisboa.

As colheitas são efectuadas de segunda a sexta, das 8 horas às 10 horas, através de agendamento obrigatório para cumprir o prazo de 72 horas antes da hora do voo. A marcação poderá ser feita:

– Através do link https://forms.gle/c8B1TzWBeQeKcauw6,

– Por email para diagnostico.covid@nms.unl.pt

– Por chamada telefónica para o número (+351)910459769.

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...