Indigo Pearl, experiência rara

Raro, tal como o são as pérolas índigo, o hotel tailandês Indigo Pearl é, simultaneamente, um sítio mágico.

Raro e belo, tal como o são as pérolas índigo, o Indigo Pearl encanta ao primeiro olhar, encantamento que se mantém durante toda a estada. Neste paraíso existe algo muito especial. Algo que não se consegue tocar, ver ou definir, mas somente sentir. Chamemos-lhe tranquilidade, melhor ainda, tranquilidade zen, e teremos a grande responsável pelo sentimento de paz que invade todo o resort.

Na costa noroeste de Phuket, a roçar a areia branca da praia de Nai Yang, o Indigo Pearl brinda os visitantes com um universo singularmente belo, a poucos passos do mar de Andaman e do vizinho Parque Nacional Sirinath. Ao contrário da forte corrente minimalista do design actual, no Indigo Pearl o design é elaborado e provocador, havendo mesmo quem o apelide de surrealista. Para tal muito contribuem as cores fortes e quentes, como o vermelho, o cor-de-laranja ou o índigo, e os motivos thai que, reinventados e readaptados, adquirem ali outra grandeza. Na decoração há pormenores que desempenham um papel de suma importância. Do mobiliário em madeira ao vidro fumado, passando pelos apontamentos em aço inoxidável negro, tudo tem o seu lugar certo e pré-definido, ou não fosse o resort obra do prestigiado arquitecto e designer Bill Bensley, que se inspirou nas antigas fábricas thai que existiram nesta região.

Composto por uma selecção de villas, quartos e suítes, este luxuoso retiro de sossego faz apanágio do grande conforto com que recheou os espaços privados. Independentemente da categoria que ocupa, cada acomodação surpreende, seja nas áreas desafogadas, nos intrigantes detalhes, com destaque para as antigas peças industriais que renascem sob a forma de obras de arte, ou no equipamento. As varandas e os terraços servem de observatório, local a partir do qual a vista se perde no azul do mar fronteiriço ou no verde das exóticas plantas e árvores que enchem os jardins.

Originais, tanto na localização quanto no décor, os restaurantes do hotel proporcionam momentos gastronómicos únicos. Os apreciadores de grelhados encontram no Rivet Grill o seu espaço de eleição, enquanto no Rebar, restaurante ao ar livre, as honras da casa são feitas por uma extensa selecção de tapas, mariscos e especialidades thai e japonesas. Um ambiente descontraído e uma confortável seating area fazem do Underground Café o destino certo para saborear um gelado, uma sanduíche ou um bolo. Os aromas e os sabores da cozinha internacional fazem as delícias dos frequentadores do Tin Mine, um local onde se pode saborear iguarias europeias e asiáticas. Mas a jóia da coroa dos restaurantes do Indigo Pearl é o Black Ginger. Aberto unicamente à hora do jantar, este “gengibre das Índias Orientais” brinda os visitantes com um menu repleto dos mais autênticos e tradicionais paladares da gastronomia do antigo reino do Sião.

Fazer brilhar a luz interior que cada pessoa possui é a tarefa a que se propõe o IN-DI-GO Spa. Uma empreitada que à primeira vista poderá não parecer simples, mas que é facilmente conseguida por um conjunto de treinados especialistas, com a aplicação de uma série de tratamentos e terapias baseados em produtos naturais, como o sal marinho, as algas e o leite de coco.

Por Sandra M. Pinto

 

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Já é Natal lá fora… Conheça as primeiras campanhas
Automonitor
Belos e furiosos: 25 modelos para entender os anos 80 e 90