Hotel da Estrela: Escola ou hotel? Ambos!

Para sermos turistas não precisamos de sair da nossa terra. Para tal, fizemos a mala e rumámos ao Hotel da Estrela.

Por Sandra M. Pinto

Ocupante do antigo Palácio dos Condes de Paraty, vamos encontrar o Hotel da Estrela na Rua Saraiva de Carvalho, precisamente na confluência da Estrela e de Campo de Ourique, em Lisboa.

Mas esta não é uma vulgar unidade hoteleira. Ao seu lado vamos encontrar a Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, sendo o Hotel da Estrela a sua unidade hoteleira de aplicação, ou seja, se fizermos um exercício de memória e regressarmos aos tempos de escola podemos afirmar que o Hotel da Estrela ganha a forma de aulas práticas! Tanto o modelo pedagógico como a estrutura da unidade hoteleira foram estabelecidos com o apoio da École Hôtelière de Lausanne, sendo o staff orientado pelo grupo Lágrimas e apoiado pelos professores da Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa.

A nossa experiência

Recentemente inaugurado, num evento que contou com a presença das mais importantes personalidades do universo do turismo nacional, o hotel foi projectado pela arquitecta Teresa Nunes da Ponte e decorado pelo designer de interiores Miguel Câncio Martins. Fazendo justiça à filosofia do hotel, as opções decorativas transportam-nos para outros tempos, de regresso à magia e à tradição das escolas antigas.

Quando chegámos, e depois de deixarmos devidamente instalado o carro na garagem do hotel, dirigimo-nos à recepção. Ao anunciarmos o nosso nome foi-nos indicado um quadro de ardósia (sim, como os que encontramos nas salas de aulas) no qual estava escrito o nosso nome e dos outros hóspedes que faziam o check-in nessa noite! Ao lado estava escrito um simpático “Bem-vindos ao Hotel da Estrela”. A simpatia com que fomos recebidos e posteriormente conduzidos ao nosso quarto indicia que vão no bom caminho…lembremo-nos que tudo no hotel é uma aula prática para os alunos da escola vizinha…

Com 13 quartos e seis suites curiosamente decoradas (ali design contemporâneo combina com a iconografia das “old schools” – especial atenção à alcatifa que cobre o chão), o hotel conta ainda com três salas de reunião, um auditório para 150 pessoas e uma biblioteca onde, através do computador ali instalado, os hóspedes podem aceder à Internet, além de um jardim com 500m2.

Um dos espaços mais curiosos do Hotel da Estrela é o seu restaurante. Apelidado de Cantina da Estrela, também ali é seguido o conceito de aula prática. Como em todas as unidades hoteleiras do grupo Lágrimas, a gastronomia desempenha um papel extremamente importante. Os aspirantes a cozinheiros podem por em prática os ensinamentos recebidos na Escola de Hotelaria, sabendo de antemão que os clientes vão atribuir notas ao seu trabalho, as quais serão dadas sob a forma de euros, ou seja, quanto pagam pelo prato que experimentaram! Curioso? Também achámos. Positivo? Sem dúvida.

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...