Hotel Cardoso, no coração de Moçambique

É entre as paisagens naturais de Maputo que vamos descobrir o Hotel Cardoso. Espaço ideal para conferências, reuniões, festas de casamento e estadias de lazer.

É conhecido pela recepção acolhedora e serviço atento que oferece a todos os hóspedes, enquanto lhes apresenta a comunhão de influências que compõem a cultura africana e a inspiração continental. Mas é na vista única sobre o Índico que este hotel tem uma das suas mais-valias.

Acresce ainda o selo de qualidade da Lonrho, que se demarcou no mercado hoteleiro de luxo através dos investimentos feitos no continente africano, com marcas como Metropole e Princess e os hotéis Norfolk e Nairobi Safari Club, no Quénia, e Labadi Beach, no Gana. O Hotel Cardoso foi uma das aquisições mais relevantes para o grupo, que juntou recentemente à sua carteira o Leopard Rock Hotel & Championship Golf Course e o Grand Karavia.

Calor africano

Estas são apenas algumas das razões para que o Hotel Cardoso seja escolha frequente de quem procura, em Moçambique, umas férias a dois ou em família, reuniões de negócios, festas de casamento e até galas.

Situado a quinze minutos do Aeroporto Internacional de Mavalane e no topo da falésia de Maputo, encontra-se aqui a combinação perfeita entre o espírito citadino e a natureza, com paisagens deslumbrantes e jardins vastos que se estendem aos pés do hotel.

Ao dispor dos hóspedes estão 130 quartos, decorados individualmente para garantir uma experiência única e equipados com todos os confortos que esperam de um hotel de luxo. Merecem destaque os que incluem varanda. Acordar para o calor moçambicano e olhar para o mar é um mimo ao alcance dos hóspedes de alguns quartos standard, os treze quartos para executivos e as seis suites de luxo. Nestas, o terraço estende-se a toda a volta. No interior, apresenta-se uma sala de estar espaçosa com zona de refeições à parte. A suite Lua-de-mel é uma das ofertas mais especiais do Hotel Cardoso, muito procurado para acolher copos-de-água nos salões espaçosos junto ao jardim e piscina.

A riqueza do espaço e a qualidade e dedicação das equipas explicam que esta seja também a escolha de várias empresas e executivos para realizar reuniões e conferências. Estão disponíveis quatro salas específicas para este propósito, onde não falta o mais moderno equipamento tecnológico e de onde se destaca o Salão Bayette, com capacidade para 200 pessoas. O apoio dos Anfitriões de Conferência é fundamental para o sucesso do evento e satisfação dos convidados. Os executivos podem ainda escolher uma das três salas de reuniões especializadas de menor dimensão, que incluem uma sala de administração exclusiva.

A piscina do hotel convida a aproveitar o bom tempo frequente e o ginásio desafia o descanso pacato das férias, tendo ambos acesso privado.

Com vista para a baía

A riqueza natural do coração de Moçambique compõe o cenário ideal para envolver o Hotel Cardoso. O restaurante Fiamma tira proveito da paisagem e torna incontornável a experiência de tomar um pequeno-almoço no seu terraço, com a baía de Maputo a perder de vista. Um cocktail ao final da tarde também é convidativo, a antecipar um dos jantares de fusão do restaurante, cuja carta combina influências da cozinha moçambicana com a portuguesa, a africana e a mediterrânica. Das mãos de reputados chefs internacionais saem pratos refrescantes e cosmopolitas, que deliciam os hóspedes.

É a pensar nos hóspedes que o Hotel Cardoso disponibiliza uma série de actividade de lazer que compõem a estadia – da pesca aos passeios de barco, das visitas históricas para conhecer a cidade aos périplos arquitectónicos, sem esquecer a praia e os campos de golfe. Estes são apenas alguns dos programas que permitem aos visitantes ficar a conhecer Maputo e reencontrar as raízes portuguesas de um país irmão que partilha história, língua e cultura

Nas ruas de Maputo

O ambiente de hospitalidade vivido dentro do Hotel Cardoso é um reflexo da recepção que a população moçambicana tem preparada para os turistas. Nas ruas da cidade, um cruzamento interessante entre os traços marcantes da história de Moçambique e os sinais de uma economia emergente. As fachadas das lojas novas são, ainda assim, ofuscadas pela atenção com que os muitos vendedores ambulantes abordam os estrangeiros, procurando oferecer-lhes fruta ou peças de artesanato, como as estatuetas de pau-preto.

Estes e outros artigos podem ser encontrados nos vários mercados e bazares da cidade. O Mercado Central de Maputo, pela manhã, é um misto de cores quentes e um bom local de partida para uma visita à cidade. A Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição mantém o espírito colonial e é um marco na vida do País. Cabe ao Museu de História Natural contar um pouco das raízes de Moçambique, através de elementos como, por exemplo, as máscaras macuas. Entre as muitas obras contemporâneas do Museu Nacional de Arte merecem destaque os trabalhos do pintor moçambicano Malangatana. No Museu da Revolução, a afinidade a Portugal encontra-se no relato da luta pela independência da ex-colónia.

Por Filipa Moreno

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira