Grandjó Late Harvest 2013 é o novo colheita tardia da Real Companhia Velha

Um branco doce elaborado a partir de uma criteriosa selecção de uvas da casta Semillon (aka Boal), que afectadas por um fenómeno natural vulgarmente designado por podridão nobre resultam na produção de vinhos doces e untuosos com finíssimas notas aromáticas.

Tal fenómeno, determinante no processo de elaboração dos late harvest ou colheita tardia, só é possível devido à privilegiada localização da Quinta do Casal da Granja. No planalto de Alijó “absorve ao máximo” o microclima a que estão sujeitas as suas vinhas: manhãs de nevoeiro que dão lugar a tardes soalheiras que assim criam as condições ideais para o desenvolvimento de botrytis cinerea, o fungo responsável pela podridão nobre.

O ‘Grandjó Late Harvest 2013’ apresenta-se como um vinho limpo, brilhante e de cor amarelo dourado, num aspecto bem representativo do seu estilo. O aroma é complexo, com notas cítricas, de alperce, passas e mel, em combinação com nuances de baunilha e aromas tostados provenientes do estágio em madeira. A harmonia e delicadeza destes aromas fazem-se sentir na prova. É um o vinho que enche o paladar com uma doçura volumosa, uma untuosidade glicérica e um final persistente; e que graças à sua acidez viva deixa o paladar limpo e bastante fresco.

Outras Notícias
Comentários
Loading...