Foodies, há novos pratos na taberna asiática de Lisboa. Vejam as fotos

Viajaram da Indonésia, Laos, Tailândia e Japão.

A viagem ao continente asiático tem novas paragens. Para além dos destinos que já nos tinha levado a visitar, o Soão tem novos pratos da Indonésia, do Laos, da Tailândia e do Japão.

Nas entradas, há agora um udang sambal (18€), um prato picante, originário da Indonésia, com camarão e amêijoas, com o conhecido molho asiático à base de malagueta; e as tung tong (9,50€), também conhecidas como money bags, de frango e castanha de água.

Nas sopas, chega a tom sapp ped (18€), a sopa de pato com massa de arroz habitual no Laos e na Tailândia; e na categoria dos gua bao, o petisco típico das ruas de Taiwan, passa a haver bao de caranguejo de casca mole com maionese kimchi (13€).

Nas recomendações do chef Luís Cardoso, chega da Tailândia — com um toque da Malásia, uma vez que surge na fronteira entre os dois países — o caril massaman de pato, com batata doce, amendoim e canela (27€) e, da Indonésia, o rendang de wagyu (35€), um caril de wagyu, condimentado e intenso.

Na carta de sushi, será possível provar o Tai Kimchi (13€), peixe branco do dia, temperado em kimchi, sésamo, lima, e feijão verde picante; e o ika mentaiko (14€), choco fatiado com ovas de bacalhau.

Nas sobremesas, a novidade vem do Japão: um cheesecake japonês com o whisky japonês Nikka From The Barrel e gelado de sésamo torrado (7€).

No capítulo dos cocktails, o head bartender Vasco Martins e a equipa criaram para o primeiro aniversário do restaurante, no passado mês de Abril, o Ichi-go ichi-e (12€), inspirado na filosofia japonesa. Junta Gin Nikka, xarope de lima-kaffir, sumo de yuzu e champanhe Laurent Perrier Brut La Cuvée. E esta é só a primeira de várias novidades que a equipa prevê introduzir nos próximos tempos nas bebidas do restaurante.

Mas não é tudo. Até ao final do ano, o Soão terá mais saladas privadas no andar subterrâneo -1. Até lá, será possível reservar com antecedências. “O sucesso das salas privadas foi tanto, que fomos obrigados a expandir o espaço do restaurante. Até ao final do ano, iremos ter quatro novas salas”, afirma António Querido, um do sócios do grupo Sea Me e co-criador do Soão.

Percorra a fotogaleria abaixo e veja os novos pratos da carta:

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
«Esperamos que o consumidor comece a valorizar os conteúdos pagos»
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado