Dedon Island. É favor deixar os sapatos à porta

Não estranhe o título, pois o lema deste resort filipino assenta mesmo nisso, máxima descontração! No arquipélago das Filipinas existem mais de sete mil ilhas e ilhotas, mas não há no mundo nenhum lugar que se assemelhe a Dedon Island. Saiba porquê nas linhas que se seguem.

Vamos encontrar o resort no extremo sudeste do anel de recife de Siargao, bem perto dos conhecidos Philippine Deep e da lendária onda Cloud 9. Dedon Island está aninhado entre antigas florestas de mangue, praias de areia branca e água cristalina e transparente. Na verdade este é um paraíso protegido e um destino mágico. Muito há para falar sobre Dedon, a natureza, a beleza, a biodiversidade, mas Dedon Island não é para ser contado, mas sim para ser vivido. A intenção das linhas que se seguem é despertar a sua curiosidade e levá-lo a colocar Dedon Island no mapa dos seus lugares de sonho!

Um dos aspectos que mais clama por atenção é a harmoniosa conjugação entre natureza, arquitectura e design. Tríade nem sempre fácil de harmonizar, surge ali quase imaculada. A realidade de Dedon Island é muito especial, pois o lema que por lá vigora é o “barefoot state of mind”, ou seja, defendem um estado de espírito livre e sem amarras, ou sapatos! Não leve nem o lema, nem a nossa última afirmação à letra pois a ideia é transformar o exterior do resort num laboratório, onde os visitantes podem e devem ser livres e independentes para fazerem e experienciarem o que mais lhes agradar. Aproveitar a vida com a família e os amigos, é para isso que Dedon Island existe. Este é, para os responsáveis do resort, o máximo luxo que o ser humano pode alcançar e depois os sapatos voltam aos pés, ou não, dependendo da vontade de cada um de regressar à realidade!

Liberdade? Sim, obrigada

No resort tudo vive dela, desde a criação dos espaços, do mobiliário e da gastronomia, até à arquitectura dos espaços. Sonhado para ser um destino sustentável, um lugar para abrandar o ritmo e rejuvenescer corpo e alma, Dedon Island surpreende pelo design exterior onde se integra uma espaço dedicado à agricultura biológica e orgânica e de onde saem muitos dos alimentos utilizados na gastronomia do hotel.

A história deste paraíso começou quando Bobby Dekeyser, presidente da Dedon, a empresa alemã de mobiliário de exterior, realizou uma visita à sua fábrica de Cebu. Decidiu que já não queria mais ficar em hotéis e sonhou ter um espaço para si e toda a sua família e amigos. Nasce Dedon Island.

É por entre uma folhagem luxuriante que descobrimos as nove cabanas que, concebidas por Jean-Marie Massaud e Daniel Pouzet, habitam a propriedade de quatro hectares. Algures um restaurante onde a gastronomia tem na simpatia do atendimento uma aliada fiel, uma sala onde sabe bem parar para estar e uma piscina. Mais afastado, já com os pés dentro de água, um bar. A envolver todos os espaços uma natureza praticamente intocada, de um lado o mangue, do outro o mar.

Na concepção dos espaços foram utilizados apenas materiais locais, enquanto na decoração a preferência foi dada ao artesanato na região. Desta forma foi conseguida uma integração perfeita do resort com o ambiente, esfumando-se os limites entre ambos.

Dedon Island foi projectado para fazer com que os visitantes se reencontrem consigo mesmos, que esqueçam o stress e a rotina e redescubram o equilíbrio, algo de tão essencial à vida do ser humano. Mas se arquitectonicamente é a tradição que perdura, no serviço é a excelência que se destaca. Curiosamente, tudo é disponibilizado aos hóspedes à hora que melhor lhes agradar, desde a comida, bebida, massagens ou restantes actividades. Efectivamente quem manda no resort são os hóspedes.

Uma ideia do que pode fazer no resort? Desde fazer uma massagem até apreciar uma bebida no bar, passando por dar um mergulho na piscina, são muitas as opções. Quando a noite chega, e depois do jantar, são organizadas sessões de cinema, actividade de enorme sucesso entre os hóspedes.

Outras sugestões passam por passeios pela floresta ou visitas às cidades vizinhas. Mas é dentro de água que os hóspedes mais passam tempo, pois as sugestões são muitas e irresistíveis, como andar de barco à vela, de caiaque ou barco a remos. Organizar uma viagem de barco com paragem em várias ilhas vizinhas é outra ideia muito apreciada por quem visita Dedon Island, sendo que no decurso do passeio é possível fazer snorkeling, esqui e explorar as majestosas enseadas de Suhoton.

Para ter acesso a isto tudo e muito mais, os visitantes devem viajar até Manila onde depois deverão realizar um voo até á ilha filipina de Cebu. Desde Cebu todas as segundas, quartas e sextas-feiras sai um avião que depois de uma jornada de 45 minutos chega a Siargao. Outra opção é realizar este último trajecto da viagem até Siargao de helicóptero, o qual pode ser reservado em Cedu. Um “jeepney” do resort transporta então os visitantes até Dedon Island num passeio de 30 minutos. Depois é aproveitar!

Por Sandra M. Pinto

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira