Covid-19: Emirates reafirma compromisso com os passageiros

A Emirates reforçou a sua capacidade de reembolsos, reafirmando o seu compromisso com os passageiros e parceiros comerciais de viagens, que são afectados por constrangimentos causados pela pandemia da COVID-19.

Com quase meio milhão de solicitações de reembolso pendentes, a companhia aérea tomou medidas proativas para reestruturar os seus procedimentos de administração e aumentar os recursos para acelerar o processamento dos reembolsos. Antes da pandemia, a Emirates processava uma média de 35.000 solicitações de reembolso num mês. Agora, prepara-se para lidar com 150 mil pedidos por mês e pretende resolver os pedidos actuais até o início de Agosto.

A Emirates oferece três opções para os passageiros afectados por cancelamentos de voos e restrições de viagem:

  • Mantenha o seu bilhete até 24 meses e ligue para reagendar o voo quando estiver pronto para voar. A Emirates alargou esta opção para aplicar a qualquer bilhete reservado até 30 de junho de 2020 para viagens antes de 30 de novembro de 2020.
  • Troque os bilhetes não utilizados por um voucher de viagem equivalente ao valor pago pela reserva original. O voucher de viagem pode ser utilizado para qualquer produto ou serviço da Emirates, sem taxas de alteração, oferecendo aos passageiros mais flexibilidade para reagendar quando estiverem prontos para viajar novamente.
  • Os passageiros que optarem por manter o bilhete ou por um voucher de viagem podem ainda solicitar um reembolso, caso não possam viajar. Não existirão penalidades de reembolso.
Outras Notícias
Comentários
Loading...