Covid-19: Emirates é a primeira companhia aérea a realizar testes rápidos em passageiros

A Emirates, em coordenação com a Autoridade de Saúde do Dubai (DHA), introduzirá precauções adicionais.

Os passageiros do voo de quarta-feira passada para a Tunísia foram testados para a COVID-19 antes de partir do Dubai. A Emirates é a primeira companhia aérea a realizar testes rápidos de COVID-19 no local, em passageiros.

O exame de sangue rápido foi realizado pela Autoridade de Saúde dO Dubai (DHA) e os resultados ficaram disponíveis em 10 minutos. Este teste foi convenientemente realizado na área de check-in de grupo do Terminal 3 do Aeroporto Internacional do Dubai.

As formalidades de check-in e embarque da companhia aérea também foram adaptadas com o distanciamento social em mente. Barreiras de proteção foram instaladas em cada balcão de check-in para fornecer medidas de segurança adicionais aos nossos passageiros e funcionários durante qualquer interação. Luvas, máscaras e desinfetantes para as mãos são obrigatórios para todos os funcionários do aeroporto.

Também é necessário que os passageiros utilizem as suas próprias máscaras quando estiverem no aeroporto e a bordo do avião e que sigam as diretrizes de distanciamento social. A Emirates modificou os seus serviços a bordo por razões de saúde e segurança.

Revistas e outros materiais de leitura impressa não estarão disponíveis e, embora alimentos e bebidas continuem a ser oferecidos a bordo, a embalagem e a apresentação será modificadas para reduzir o contacto durante o serviço de refeições e minimizar o risco de interação. Atualmente, a bagagem de cabine não é aceite em voos. Os itens de bagagem permitidos na cabine são limitados a computadores portáteis, bolsas, malas ou artigos de bebé. Todos os outros artigos devem ser registados e a Emirates adicionará a franquia de bagagem de cabine à franquia de bagagem dos passageiros.

Outras Notícias
Comentários
Loading...