Centro de Portugal UM PAÍS DENTRO DO PAÍS

O Centro de Portugal é o coração de um país verdadeiramente excecional, uma terra que pulsa viva, do mar às mais altas montanhas e que testemunha, desde tempo imemoriais, a riqueza e a diversidade da nossa história. Descubra a maior e mais diversa região turística nacional, um território que continua a desafiar o tempo e o esquecimento e que convida sempre a celebrar uma cultura única, que também é universal.

Com uma riqueza natural inigualável, no Centro de Portugal o que não lhe faltam são motivos para partir à descoberta num cenário idílico. Aqui, cultura e natureza andam de mãos dadas dando-lhe a oportunidade de viajar no tempo pela História de Portugal na companhia de paisagens de cortar a respiração. Encante-se com espécies de animais únicas no mundo, cenários naturais guardiães de lagos e grutas e deixe-se levar por mundos de natureza quase primitiva através de trilhos em montanhas, serras e áreas protegidas. A Serra da Estrela, o mais alto maciço de Portugal continental, apesar de ser mais visitada durante os meses de inverno, merece ser admirada e percorrida independentemente da estação do ano. Chegar à maior cadeia de montanhas de Portugal é sentir uma sensação de pequenez incomparável e sentida em poucos sítios. Perante os vales, lagos (glaciares nos meses de inverno) e natureza, a Serra da Estrela transporta-nos para uma calma e serenidade sem igual. Para os verdadeiros amantes da natureza, nada melhor que sentir a serenidade das paisagens verdejantes, na companhia das é um verdadeiro paraíso para amantes de birdwatching. Já no Parque Natural da Serra da Estrela, a paisagem rústica convida a relaxar e conhecer uma diversidade de fauna e flora sem paralelo ao ritmo da natureza. E se preferir acompanhar a observação de aves com um pouco de desporto, porque não passar uns dias em Peniche ou na Nazaré? É verdade: uns dos melhores destinos de surf do mundo é também uma das melhores regiões para observar aves migratórias da Europa!

Para os amantes do pedestrianismo, há mais de 70 percursos pedestres no Centro de Portugal à sua espera. A Grande Rota do Zêzere, desde a nascente, até ao seu encontro com o Tejo, em Constância, dá a oportunidade de descobrir uma zona de natureza ímpar, as Aldeias do Xisto, e uma série de atividades ao ar livre. A Rota das Invasões, em Vila Velha de Rodão, leva-o pela história militar da região da Beira Baixa. Já em Aveiro, a estrela é a biodiversidade inigualável do território e, com o Percurso do Salreu, pode ficar a conhecê-la bem de perto atravessando territórios de enorme beleza. Não perca ainda o Caminho do Xisto, centenas os quilómetros de trilhos pedestres que atravessam as Aldeias do Xisto, desde o Casal de São Simão até às Fragas, em Figueiró dos Vinhos.

Roteiro pelo Centro de Portuga

Descobrir o Centro de Portugal é partir numa viagem pela história, património, cultura, gastronomia e tradição. Descobrir o Centro de Portugal é descobrir paisagens que escondem histórias com milhões de anos, partir à aventura de destinos que ficam na memória, deixar-se levar por experiências únicas numa região com muito por explorar. O Centro de Portugal é o “centro” de um país verdadeiramente excecional. O seu posicionamento enquanto marca de referência turística reflete, simultaneamente, essa centralidade e excecionalidade. Símbolos de ambas são os 4 Lugares Património Mundial que a região acolhe: Alcobaça, Batalha, Coimbra e Tomar. Juntos, representam 4 pontos cardeais da Humanidade com um valor único reconhecido mundialmente. É, verdadeiramente, imperdível a rota dos Lugares Património Mundial do Centro de Portugal.

Na região do Oeste viaje até à pitoresca vila amuralhada de Óbidos e aproveite para relaxar “corpo e alma” na belíssima praia de Santa Cruz, em Torres Vedras. Se é amante de desportos de aventura, é imperdível uma visita a Peniche e à Nazaré, famosas pelas suas icónicas ondas, que tornam este destino num dos melhores do mundo para fazer surf. Na Lourinhã poderá encontrar o recém-inaugurado Dino Parque Lourinhã, com cerca 120 exemplares em tamanho real.

Siga depois até à Região de Leiria, onde se destacam a cultura e os sabores regionais, e onde “Mar e Serra” se misturam em doces combinações. (Re) descubra a história de Portugal nos castelos de Pombal e de Leiria ou no Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota. Embrenhe-se no fabuloso mundo subterrâneo das Grutas e conheça a arte vidreira na Marinha Grande. Na cidade de Leiria deixe-se surpreender pelas instalações de arte urbana que espalham a criatividade pela cidade.

Se preferir os ares da montanha, suba até ao ponto mais alto de Portugal Continental, à região das Beiras e Serra da Estrela. Deixe-se envolver pelo silêncio dos seus vales, perca-se nas míticas Aldeias Históricas, de Xisto e de Montanha, e deixe-se tentar com a riqueza da sua gastronomia. Se é amante de natureza, de cultura e de sabores, “desça” à região da Beira Baixa, e experiencie “3 dias, 3 experiências: “Do Tejo ao Zêzere”, “Rota dos Museus e Monumentos” e a “Rota do Azeite”. Aqui, vales de rios de águas frescas e cristalinas são serpenteados por aldeias de uma arquitetura rústica e bela e de uma simplicidade ímpar, em perfeita simbiose com a natureza.

Na região de Coimbra, pode visitar a “Cidade dos Estudantes”, e sentir-se parte da História, através de monumentos deslumbrantes e lugares mágicos. Siga para as ruínas de Conímbriga ou enverede na magia do verde da Mata Nacional do Buçaco. Termine o seu dia à beira mar com o inesquecível pôr-do-sol das praias de Mira ou da Figueira da Foz. Imperdível a visita à região da Bairrada, terra de serra e mar, termas e vinhos, gastronomia e desporto e aceite o convite para descobrir este território através dos cinco sentidos. Saboreie o irresistível leitão da Bairrada, acompanhado por um dos mais premiados espumantes nacionais. Na região do Médio Tejo, é imperdível a visita à Barragem de Castelo de Bode, reconhecida pelo seu cenário idílico, a pureza das suas águas e a beleza de toda a região. Uma autêntica estância, que une desporto e turismo. Aproveite para fazer a Rota dos Castelos do Tejo, ou a rota do turismo religioso mobilizado em torno de Fátima e de Tomar.

Se procura uma experiência de enoturismo, uma das opções é deslocar-se às quintas e solares da região de Viseu Dão Lafões. E não deixe de visitar Viseu, uma cidade vibrante, que lhe dará as boas-vindas com o seu património histórico e cultural único.

Por fim, deixe-se levar pelo “mar” de experiências que pode encontrar na região de Aveiro. Conhecida pela sua incrível biodiversidade, é hoje o espelho de tradições locais, refletindo a cor dos barcos moliceiros e das casas Arte Nova, que encantam cada vez mais turistas. Não termine a viagem sem antes provar os deliciosos ovos-moles. Marque encontro com a diversidade no Centro de Portugal!

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...