Centro de Portugal começou o ano de 2019 a “bater recordes”

“Os primeiros números do ano deixam antever que 2019 vai ser mais um ano histórico para a actividade turística no Centro de Portugal”, diz Pedro Machado.

O arranque de 2019 foi bastante positivo para o Centro de Portugal, com a região a registar um novo recorde de 294 mil dormidas em Janeiro. o que representa uma subida de 7,2%, mostram os últimos dados do Instituo Nacional de Estatística (INE). Contas feitas, foram mais 19,8 mil dormidas do que no mesmo mês do ano anterior.

Em comunicado, o presidente do Turismo Centro de Portugal defende que “os primeiros números do ano deixam antever que 2019 vai ser mais um ano histórico para a actividade turística no Centro de Portugal”. “Registo com muito satisfação que a região subiu em todos os indicadores estatísticos em Janeiro, com particular veemência nas dormidas de visitantes de fora do país e nos proveitos totais. São dados que dão grande alento aos empresários que apostam na região”, sublinha Pedro Machado.

Segundo o INE, as dormidas dos estrangeiros cresceram a um ritmo mais elevado do que as dos residentes. A procura de não-residentes totalizou 103 mil dormidas, quatro vezes mais do que no total do país (3,1%) e um aumento de 13,7% em comparação com o período homólogo.  Por outro lado, assinalaram-se 191 mil dormidas de visitantes nacionais na região, mais 4% face ao ano passado.

No total, os estabelecimentos hoteleiros acolheram 109,7 mil de hóspedes, que contribuíram para um aumento de 4,5% da taxa de ocupação. A estada média, por sua vez, subiu ligeiramente de 1,52 para 1,54 noites.

Ao nível das receitas, os proveitos subiram 9,1%, aproximando-se dos 15,8 milhões de euros.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
O Natal da Meo rima com Apple TV
Automonitor
Novo VW ID. Space Vizzion tem 560 km de autonomia