Banyan Tree Cabo Marqués, peça um desejo

Deixe a realidade em casa e traga memórias inesquecíveis de uma experiência única no México.

Antes de partir, desperte os sentidos. Deixe-se levar pela cor dos traços ingénuos da pintura de Frida Kahlo, descubra o lado sombrio do ser humano com os filmes de Alejandro Gonzalez Iñárritu, caminhe com as palavras das obras de Otavio Paz que mereceram o Nobel. E guarde o melhor para o fim, quando aterrar no clima tropical do México, delicie-se com os sabores deste património mundial da UNESCO. Nem os Vampire Weekend conseguiram resistir e dedicaram uma música à famosa bebida Horchata.

Pura magia

Agora que leva na bagagem o que o México deixou ao mundo, prepara-se para deixar parte de si no México. A hospitalidade franca e aberta das pessoas, sempre solícitos e disponíveis, fazem-no sentir-se parte da comunidade. Afinal, a cultura mexicana reside no elogio da fusão e da mistura.

E, em Acapulco, onde vai encontrar o resort Banyan Tree Cabo Marqués, a apenas 20 minutos do aeroporto, não é diferente. Com apenas alguns meses de funcionamento – a inauguração data de Abril –, os seus hóspedes não se cansam de elogiar o tratamento individual, atento e simpático do staff.

Haverá, no entanto, um momento em que ficará sem palavras: quando olhar à volta. A paisagem que emoldura o resort é de uma beleza inacreditável. De um lado, a montanha a impor o seu verde até ao limite do céu e, do outro, o oceano Pacífico numa mancha azul sem fim. O melhor é que poderá observar este quadro natural de qualquer uma das 46 villas construídas sobre a falésia.

Nas villas tem duas opções fundamentais: pode escolher uma das 40 Pool Villas com piscina aquecida e 187 metros quadrados ou uma das seis Spa Pool Villa, um hino ao relaxamento com 269 metros quadrados, onde terá à sua disposição os tratamentos do spa na privacidade da villa. Seja qual for a sua escolha, encontrará sempre o design contemporâneo de linhas asiáticas e o melhor da atmosfera mexicana. Mistura inesperada? Nem por isso, se tivermos em conta que Acapulco foi o ponto de encontro entre ambas as culturas durante três séculos, inspirando até o tema de um dos restaurantes do resort.

No século XVI, Acapulco era conhecido como o “porto das Américas”, o ponto nevrálgico das trocas comerciais entre o que hoje conhecemos como Ásia e a América Latina. A rota mais importante, “La Nao de China”, passava por aqui marcando, para sempre, a zona de Acapulco já que não se trocavam apenas bens, mas também culturas, hábitos e, claro está, experiências culinárias. O restaurante La Nao inspira-se neste legado e promete uma viagem entre o melhor dos sabores latinos e asiáticos.

Mas há mais.

O Banyan Tree Cabo Marqués convida a uma viagem pelos vários sabores do mundo que foram encontrando porto em Acapulco. No restaurante Saffron, a cozinha tailandesa contemporânea é rainha. E oferece-lhe ainda a possibilidade de marcar jantares privados para 12 pessoas no ambiente intimista e envolvente da adega com vista para o Oceano. No Las Rocas Grill Bar o destaque vai para o marisco, peixe e carne grelhados no momento e, preferencialmente, acompanhados por uma “Tequila Loco”. Caso lhe apeteça uma conversa ao sabor de um cocktail, o Las Vistas Bar & Lounge tem uma vasta carta e umas deliciosas tapas espanholas.

Se não conseguir abandonar a villa nem por um momento, pode optar pelo In Villa Dining que, como o nome indica, lhe permite ter as refeições no conforto do seu espaço com a vantagem do serviço estar disponível 24 horas por dia.

O que não pode falhar é uma visita a uma das sete salas de tratamento do premiado Banyan Tree Spa com terapeutas formados nas Academias tailandesa e chinesa do grupo. E, se ainda houver tempo, há sessões de yoga, ginásio e até uma biblioteca para que todos os seus desejos se tornem realidade.

A visitar

Pie de la Cuesta: Entre a lagoa de Coyuca e o oceano Pacífico, Pie de la Cuesta é um charme ainda pouco explorado pelos turistas. Para desfrutar em pleno do cenário natural, opte por um passeio de barco entre as ilhas e não se vá embora sem provar o peixe grelhado.

La Roqueta: esta ilha protegida é um cenário único pela sua vegetação luxuriante e o paraíso para os mergulhadores, não apenas pela natureza que podem observar, mas também pelo monumento submergido Virgen de los Mares.

 

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Já é Natal lá fora… Conheça as primeiras campanhas
Automonitor
Belos e furiosos: 25 modelos para entender os anos 80 e 90