Antiga quinta do Douro vai renascer como hotel de luxo

As suas raízes encontram-se no séc. XII, quando monges da Ordem de Cister se estabeleceram nesta propriedade, localizada em Tabuaço.

A Quinta do Convento de São Pedro das Águias, uma das mais antigas do Douro, vai ser transformada num novo empreendimento vitivinícola e de enoturismo, com 25 quartos.

A propriedade, localizada em Tabuaço, no Vale do Távora, foi adquirida pelo cirurgião e enófilo alemão, Christoph Kranemann, fundador do Clearview Vision Institute. Nasce, assim, a Kranemann Wine Estates, um projecto de aposta nos vinhos DOC Douro, Vinho do Porto e enoturismo. O projecto irá criar, pelo menos, 50 emprego directos. 

O sonho começou a dar os primeiros passos em 2004, quando conheceu a sua mulher e passou a visitar Portugal com frequência, descobrindo os vinhos e as castas locais, iniciando-se na viticultura, através de uma pequena experiência familiar no Dão.

O investimento inicial ronda os 12 milhões de euros. Este valor será aplicado na recuperação do Convento de São Pedro das Águias e nos primeiros vinhos Quinta do Convento, tinto e branco, que acabam de ser lançados no mercado. Com o lançamento de dois Tawny, de 10 e 20 anos, chegam também os primeiros Kranemann Porto.

O enólogo Diogo Lopes assume a chefia do projecto, acompanhado pela consultoria de Anselmo Mendes, bem como da enóloga residente Maria Susete Melo.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Tinder estreia-se no entretenimento com “Swipe Night”
Automonitor
Precisa de abastecer? Preço da gasolina desce esta segunda-feira!