AHP. Taxa de ocupação dos hotéis arrefece em Janeiro

Taxa de ocupação na Madeira (64%), Lisboa (58%) e Grande Porto (47%) ficou acima da média nacional, apesar da quebra face ao mesmo período do ano passado.

A taxa de ocupação por quarto (TO) em Portugal foi de 45% em Janeiro, 0,8 pontos percentuais (p.p.) abaixo do valor registado no mesmo período do ano passado, segundos dados hoje divulgados pela Associação de Hotelaria de Portugal (AHP).

Em comunicado,  a presidente executiva da AHP destaca o que diz ser um “crescimento ligeiro”, sobretudo depois do “arrefecimento” sentido no mês de Dezembro. “No entanto, é notório o abrandamento perante o mês homólogo de 2018”, acrescenta, sublinhando que, apesar do preço médio por quarto ocupado ter subido [ARR], houve uma quebra ligeira da taxa de ocupação por quarto”. A Madeira (64%), Lisboa (58%) e o Grande Porto (47%) foram os destinos com a TO mais elevada, ficando acima da média nacional, apesar das quebras face ao período homólogo.

Em Janeiro, o ARR fixou-se nos 73 euros, enquanto o preço médio por quarto disponível (RevPar) foi de 33 euros, evidenciando aumentos de 5% e de 3% em comparação ao ano passado. Estoril (+17%), Alentejo e Minho (15%) foram os destinos cujo ARR mais cresceu. Quanto ao RevPar, destacam-se os crescimentos de 43% no Minho, seguido do Estoril com mais 35% e Leiria/Fátima/Templários com mais 14%.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira