Acreditação de Carbono pelo ACI Europa

Como resultado da aplicação sustentada e sistemática de um esforço voluntário para gerir as emissões de carbono associadas à atividade da ANA, os aeroportos geridos pela empresa viram a Acreditação de Carbono renovada pelo ACI Europa. Este ano, o nível 2 (Redução) do programa Airport Carbon Accreditation foi atribuído a 8 aeroportos (Lisboa, Porto, Faro, Ponta Delgada, Santa Maria, Horta, Flores e Beja); os aeroportos da Madeira e Porto Santo obtiveram o nível 1 (Mapeamento).

A Acreditação Aeroportuária de Carbono é uma iniciativa do ACI (Airports Council International) e constitui um programa específico para a gestão das emissões de carbono para os Aeroportos. Através dele, o ACI avalia e reconhece os esforços dos Aeroportos para gerir e reduzir as suas emissões de carbono, havendo quatro níveis de reconhecimento: “Mapeamento”, “Redução”, “Otimização” e “Neutralidade”. Este programa, que teve início na ACI Europa, foi posteriormente estendido a nível global.

A acreditação ao nível do “Mapeamento” significa que a ANA, empresa do grupo VINCI Airports, implementou uma estratégia de contabilização de todas as fontes de emissões de CO2 que estão sob o seu controlo direto. Por outro lado, a acreditação ao nível da “Redução” significa que a ANA não só conhece as suas emissões de CO2, como conseguiu reduzir a pegada de carbono correspondente.
O cálculo da pegada de carbono dos aeroportos ANA é submetida a uma verificação por entidade externa e independente para os âmbitos 1 e 2, reforçando a credibilidade dos níveis de emissão declarados pela empresa do grupo VINCI Airports.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Cristiano Ronaldo promove curso que ensina a ser influenciador
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio