A verdadeira razão por que não deve fazer chamadas enquanto voa

No máximo, pode deixá-lo em modo “avião”.

“Os aviões modernos são projectados com componentes de alta tecnologia que são sensíveis a sinais telefónicos.” Quem o garante é o vice-presidente do Instituto de Aviação Antanas Gustaitis da Universidade Técnica de Vilnius Gediminas, Darius Rudinska, citado pela Skycop, empresa que defende os direitos dos passageiros 

Mas, segundo Darius Rudinska, a percentagem desse tipo de aviões em operação é diminuta. “Os aviões mais antigos são equipados com tecnologia analógica e o sinal do telemóvel pode interferir com estes instrumentos de navegação e isso não é seguro. O mesmo para equipamentos digitais mais antigos”, explica.

Assim que se recebe uma chamada telefónica, o telemóvel procura conectar-se com a torre de telecomunicações mais próxima. Como as antenas das torres estão apontadas para Terra, à medida que se voa mais alto, o sinal fica cada vez mais fraco até desaparecer.

“Assim sendo, nem sequer é uma possibilidade fazer chamadas quando voamos. Mas o telemóvel vai sempre tentar conectar-se com a torre, interferindo com os componentes técnicos do avião e com os auscultadores dos pilotos. Se existir alguns dispositivos a bordo é possível gerir essas interferências, mas se for centenas de telemóveis o cenário muda”, acrescenta.

Mas, será que algum dia será possível fazer chamadas telefónicas enquanto voamos? Rudinskas duvida que tal possa vir a acontecer e que mesmo que o equipamento permita fazer chamadas, as companhias aéreas vão tentar evitar que as pessoas o façam.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
Marcas deverão despedir 80 mil pessoas nos próximos anos