Cidade do Rock adere à Internet das Coisas

O Rock in Rio vai ter um caminho feito de soluções de Internet das Coisas (IoT), pela Vodafone Portugal, que transforma assim o Parque da Bela Vista numa Cidade do Rock inteligente. 

A Vodafone Digital Rock City vai apostar na inovação e na capacidade de aliar a digitalização à música e ao entretenimento, com cinco soluções que monitorizam, em tempo real, as áreas mais relevantes para o pleno funcionamento do festival: energia, água, ambiente, mobilidade e diversão.

Através da solução Smart Check-in, as inscrições nas atracções do recinto – roda gigante e slide – serão realizadas num formato totalmente digital. Na prática, esta solução importa para a Cidade do Rock um conceito de check-in semelhante ao utilizado nos aeroportos.

Bastará aos espectadores efectuarem o download da Aplicação Vodafone Rock in Rio, registarem-se na atracção que pretendem e no horário que desejam, dentro das disponibilidades existentes e das reservas já em curso.

A app confirmará a hora prevista de entrada e gerará um QRCode que será utilizado no acesso à diversão seleccionada. Além de impactar positivamente o público, esta solução cria, à semelhança das restantes, as condições para uma melhor optimização dos processos, infraestruturas e recursos do Rock in Rio, promovendo uma maior sustentabilidade ambiental e económica do festival.

Na vertente Smart Energy, dá-se a medição dos consumos de energia e gestão centralizada do abastecimento da rede, em zonas como o Palco Mundo, Área VIP, Super Bock Digital Stage, Music Valley, Time Out Market Rock in Rio, EDP Rock Street e Worten Game Ring. Só no Palco Mundo, há vários geradores eléctricos que podem consumir mais de 3MW (MegaWatts).

Já a Smart Water, por seu lado, vai supervisionar a rede de água que abastece o Parque da Bela Vista, assegurando o controlo do fornecimento e prevenindo potenciais interrupções ou irregularidades na distribuição. O recurso a sensores colocados directamente nos depósitos de abastecimento permite actuar de forma rápida e eficaz sempre que os níveis se aproximem do limite mínimo recomendável.

O Smart Air vai dar apoio à execução dos trabalhos em altura, através da instalação de um anemómetro que controla a direcção e a velocidade do vento. Tal tem como objectivo maximizar a segurança dos colaboradores que estão a efectuar trabalhos em altura, mas também acompanhar o impacto do vento na estrutura do Palco que conta com mais de 28 metros de altura, equivalentes a um prédio de nove andares.

A solução Smart Air procede ainda à recolha dos diversos parâmetros ambientais (qualidade do ar, concentração de CO2, gases, fumos e moléculas) em diferentes zonas do recinto.

Por fim, o Vodafone On Board vai disponibilizar wi-fi gratuito e divulgação da agenda e das últimas novidades da cidade do Rock in Rio-Lisboa nos ecrãs dos autocarros (digital signage) que transportam os visitantes para o recinto.

As soluções foram desenvolvidas pela Vodafone Portugal, em parceria com a Empresa ThinkDigital.

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
Marcas deverão despedir 80 mil pessoas nos próximos anos