5 formas de poupar dinheiro em viagem

Pode parecer fácil, mas se realmente queres ter um impacto positivo na tua carteira enquanto viajas, vais ter que te esforçar para poupar.

Trabalha em troca de alojamento

Já ouviste falar no conceito de ‘Work Exchange’? Criado por viajantes que, como tu, queriam poupar durante as suas viagens. Como o nome indica, o conceito é definido por se trabalhar em troca de algo. Normalmente seria dinheiro, mas em viagem tu não precisas de fazer dinheiro, tu precisas de estar onde quiseres sem gastar dinheiro. E como? Trabalhando no que fores melhor para poupar em alojamento. Por vezes alojamento e até alimentação, as duas grandes áreas onde se gasta mais dinheiro em viagem.

Hoje em dia existem imensas hipóteses de work exchange. Foi por isso mesmo que plataformas como o Worldpackers ou o Workaway se tornaram intermediárias entre os viajantes e negócios locais que precisam de ajuda em diferentes áreas. O mais comum são os hosteis que precisam de alguém que seja recepcionista por uns tempos, ou alguém que faça camas, etc.

Nós usámos uma destas plataformas enquanto estávamos na Tailândia, para descobrirmos as nossas hipóteses. Acabámos por fazer babysitting durante 2 semanas em troca de alojamento num hostel em Phuket na Tailândia. O trabalho consistia em cuidar de duas crianças amorosas durante duas horas por dia, escusado será dizer que nunca sentimos que estávamos a trabalhar.

Tira partido da Tecnologia

Já devias saber que a tecnologia pode ser muito nossa amiga. No nosso caso, é mais que nossa amiga. Se não fossem as novas tecnologias e a internet não poderíamos trabalhar online e viajar o mundo ao mesmo tempo.

Cada vez mais damos mais uso a aplicações ou plataformas online durante as nossas viagens. Poupar dinheiro enquanto viajamos é uma das muitas opções que a tecnologia nos dá. Estas são algumas das aplicações que usamos durante as nossas viagens e que já nos permitiram poupar em várias áreas:

  • Couchsurfing – É uma aplicação com pessoas de todo o mundo, uma comunidade de viajantes que está disposta a receber pessoas na sua casa em troca de bons momentos e boas conversas. Como se os convidados lhes permitissem viajar sem ter que sair de casa. Nós já usámos várias vezes o Couchsurfing e gostamos bastante. A nossa melhor experiência foi na Índia em que vivemos uma semana com uma família Indiana.
  • Bla Bla Car – É uma aplicação que conecta condutores com lugares vazios para um determinado destino que interessa a outros, sem carro ou, neste caso, que apenas querem poupar. As viagens não são de borla, paga-se um valor acordado ao condutor mas, normalmente, fica mais barato que apanhar um transporte local. Usamos também várias vezes esta aplicação, dentro e fora de Portugal, tanto a conduzir como ‘penduras’.
  • Facebook – De certeza que já conheces e, provavelmente, tens já esta aplicação instalada. O que se calhar não sabias é que pode ser uma aplicação muito útil para quem está a viajar. Tens grupos para cada país que viajas com muitos locais, onde podes ter acesso a informação muito valiosa, como os sítios mais baratos, eventos, etc. Fartamo-nos de usar o Facebook no estrangeiro e adoramos!

Come comida de rua

Não nos fartamos de aconselhar os viajantes a não terem medo de experimentar e adoptar a comida local, a comida de rua. Especialmente em sítios onde comer em mercados de rua é cultural, uma tradição de cada país, como no Sudeste Asiático. Este ponto vai depender do teu bom senso. Se estiveres a viajar pela Europa, obviamente que te aconselhamos a comprares os produtos e a fazeres comida em casa.

Mas se viajares para países com esta tradição dos mercados de rua em que os preços são imbatíveis, como na Tailândia, por exemplo, onde almoçávamos e jantávamos a 1€ por refeição, então come comida de rua! Não só é mais barato, como também é mais saboroso. E se é para viajar e conhecer novas culturas, então vive como os locais!

Cuida de animais

Adoras animais e até tens saudades dos teus animais de estimação quando viajas? Então esta é a oportunidade perfeita para ti! Donos que, tal como tu, querem viajar, e não têm com quem deixar os seus animais de estimação inscrevem-se em plataformas e conectam-se com viajantes que procuram uma casa.

Uma plataforma mundial muito conhecida, que nós já usámos e adoramos, é a Trusted House Sitters. Esta plataforma tem uma taxa de adesão um pouco mais alta, de 80€ por ano, mas acreditem que compensa. Na nossa viagem à Ásia fizemos pet sitting 3 vezes. Casas com condições excelentes que são o nosso lar durante os dias/semanas acordados com os donos.

Numa experiência na Malásia, ficámos a tomar conta de 3 cães durante 1 mês numa mansão que pertencia a um Alemão. Esse mês acabou por ser o nosso mês mais barato da viagem, onde conseguimos poupar mais dinheiro. Não pagámos alojamento e o dono não só nos deixou o frigorífico cheio, assim como nos deixou o seu carro cheio de gasolina para nós usarmos. O que poderíamos pedir mais?!

Anda à boleia

Melhor que as aplicações que te demos anteriormente para poupares em transporte é mesmo não gastares dinheiro nenhum ao andares à boleia. Aliás, a melhor parte são as pessoas que conheces a andar à boleia.

Se falares com viajantes que tenham andado à boleia vais encontrar uma semelhança entre todos, é que as melhores histórias são sempre as das boleias. Connosco não é diferente. Uma das nossas primeiras e melhores histórias de viagem, foi quando andámos à boleia pela Europa. Em Itália, acabámos por apanhar boleia de um carro da polícia.

Na Ásia também fomos experimentando a nossa sorte e não poderia ter sido mais fácil. Também na nossa última viagem, há uns dias, pelos Açores decidimos conhecer as ilhas portuguesas à boleia e tivemos experiências incríveis! Conhecemos cada ilha ao pormenor através de histórias e curiosidades que cada boleia nos ia contando.

Fonte: www.thewanderlust.pt

 

 

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...