5 destinos para celebrar o Natal na Alemanha

O mês de Dezembro é mágico na Alemanha graças aos seus famosíssimos Mercados de Natal.

BERLIM

Foto David MarschalskyNa capital alemã não há um, nem cinco, nem dez… mas cerca de 70 mercados de Natal para todos os gostos, desde cobertos a exteriores, bem grandes ou mais aconchegantes, históricos ou modernos, outros especiais para crianças.

Até há mercados vegan (aos domingos, na Winterfeldtplatz), onde todas as iguarias respeitam esse regime alimentar e há múltiplas sugestões de presentes sustentáveis. Um dos mercados natalícios mais conhecidos é o da Gendarmenmarkt, que atrai visitantes de todo o mundo pelos seus artesãos, as delícias gourmet, os concertos e outros espetáculos diários. Termina com uma festa de passagem de ano onde não falta fogo de artifício. No entanto, o fim de ano mais famoso acontece junto a um dos principais ícones da cidade, as Portas de Brademburgo, estendendo-se por cerca de dois quilómetros até à Coluna da Vitória. E este será ainda mais especial pois foi aqui que se realizou a primeira celebração de ano novo conjunta após a queda do muro, há 30 anos. Bandas e DJ vão encarregar-se da animação musical e à meia-noite, além do obrigatório show pirotécnico, terá lugar um espetáculo de laser. E tudo isto sem que seja necessário comprar bilhete pois trata-se de um evento gratuito, uma enorme festa que chega a reunir um milhão de pessoas. Abrirá pelas 14h00 (o espaço é vedado e tem controle de segurança) e deverá prolongar-se até às 03h00 de dia 1 de janeiro de 2020.

www.visitberlin.de

COLÓNIA

Foto Kölner Altstadt

Há muitas razões para viajar até ao lugar onde nasceu a água-de-colónia, criação do italiano Johann Maria Farina que a batizou com o nome da sua cidade adotiva. No respetivo espaço museológico aprende-se muito sobre o tema mas Colónia tem mais de 40 museus, incluindo um outro que combina muito bem com esta época do ano: o do chocolate.

Doces e aromas são apenas dois dos atrativos desta cidade cosmopolita (com residentes oriundos de 182 países) que possui também mais de 130 galerias e cerca de 70 teatros. Incontornável é a Catedral, a segunda mais alta da Europa e terceira no mundo, classificada Património Mundial pela UNESCO em 1996. A sua imponência e beleza gótica fazem com que receba anualmente por cerca de seis milhões de pessoas, sendo a atração mais visitada da Alemanha. É junto à Catedral que decorre, a partir de 25 de novembro, um dos mais animados mercados de Natal mas há outros, como o localizado à beira rio, de inspiração marítima, e o das praças Alter Markt e Heumarkt, muito popular pelo seu ringue de patinagem. No último dia do ano Colónia volta a ficar repleta de residentes e visitantes para assistir ao fogo de artifício sobre o rio Reno. É um espetáculo memorável, seja apreciado a partir de uma das pontes da cidade ou dos vários barcos que promovem festas a bordo para todos os gostos.

www.cologne-tourism.com

MUNIQUE

Foto Sigi Müller

Por esta altura do ano, a capital da Baviera e também da Cerveja – título atribuído por ser sede da maior festa de cerveja do mundo, a Oktoberfest – rende-se ao saboroso vinho quente, que ainda sabe melhor quando acompanhado pelas deliciosas iguarias típicas da época. 

O seu mais famoso mercado de Natal, e também o mais antigo pois remonta ao século XIV, é o Christkindlmarkt, na belíssima Marienplatz, o coração da cidade. A árvore de 30 metros, decorada com 3 mil luzes, encanta os visitantes e os presentes à venda nas barraquinhas muito bem decoradas constituem uma verdadeira tentação. Mas há ainda outros mercados a conhecer, como o medieval, na Wittelsbacherplatz, no qual tudo remete para a Idade Média, desde o vestuário dos comerciantes ao artesanato e à gastronomia. Até o vinho quente segue receitas antigas. O ambiente festivo estende-se à última noite do ano, comemorada com vistoso fogo de artifício. As pontes sobre o rio Isar são normalmente escolhidas para assistir ao espetáculo, tal como a área junto à estátua Friedensengel (ou Anjo da Paz) mas quem preferir celebrar num lugar mais pacato (e romântico) pode optar pelo monóptero do English Garden. Uma das mais belas vistas requer que se suba a pequena colina Olympiaberg mas é garantido que o esforço compensa.

www.simply-munich.com

FRANKFURT

Ainda bastante associada a viagens de trabalho, é também uma ótima cidade para uns dias de lazer e ganha um charme especial em dezembro. Não é por acaso que cada vez mais especialistas a consideram subestimada enquanto destino turístico.

Um dos lugares a visitar é, sem dúvida, o seu “novo” centro antigo. Completado há pouco mais de um ano, resulta de um projeto único na Europa: foram recuperadas casas históricas e construídas outras de acordo com a traça original, devolvendo à cidade o seu bonito centro medieval, quase totalmente destruído na II Guerra. Entre outros espaços a (re)descobrir conta-se a área designada Museumsufer, que reúne vários museus, entre eles o mundialmente famoso Städel, com arte desde o século XIV à atualidade e que acolhe, até fevereiro, uma grande mostra dedicada a Van Gogh e à sua influência na arte alemã. Nesta época a cidade revela um encanto único graças ao mercado de Natal, um dos maiores do país quer em dimensão quer em número de visitantes. Concertos de sinos de 10 igrejas e a visita do Pai Natal são momentos altos e não faltam presentes especiais no Mercado dos Artistas, que reúne pintura, escultura, fotografia, cerâmica e joalharia, entre outras artes, na Igreja de São Paulo e no Römer, belo edifício que acolhe a Câmara Municipal desde 1405. A passagem de ano é também aqui celebrada com um grande espetáculo pirotécnico. Fazer a despedida de 2019 nas margens do rio Meno ou navegando nele, em barcos com programação e menus festivos, são algumas das opções para entrar em 2020 com o pé direito.

www.frankfurt-tourismus.de

EUROPA PARK

O segundo parque de diversões mais visitado seria sempre uma boa opção para uma escapadinha natalícia com toda a família mas há um novo e grande motivo para ir até lá: chama-se Rulantica, é um parque aquático (com águas quentinhas, claro) e abre ao público a 28 de novembro.

Pelos 95 hectares do Europa Park já se distribuíam 15 áreas temáticas europeias, da Islândia à Grécia, com mais de uma centena de espetáculos e atrações, incluindo 13 montanhas-russas. O final de Novembro e o mês de dezembro sempre foram especialmente mágicos graças, por exemplo, a dois mercados de Natal, um tradicional alemão, cujas barraquinhas de madeira vendem artesanato típico além de doces da época e vinho quente; e outro medieval, recriando um mundo de damas e cavaleiros que se torna ainda mais incrível ao entardecer, quando os caminhos passam a ser iluminados por tochas. A tudo isso junta-se, daqui a pouco mais de um mês, este novo parque aquático de inspiração nórdica com 32.600 metros quadrados, nove áreas e 25 atrações, entre elas 17 escorregas. Um glaciar para quem gosta de adrenalina, uma cidade construída sobre palafitas, a piscina com ondas e cascatas, cápsulas transparentes cujo chão se abre para uma descida reservada aos mais corajosos, um rio tranquilo especialmente adequado para os mais pequeninos, uma lagoa rodeada de pinheiros que é um oásis de tranquilidade… Rulantica está cheio de surpresas que prometem muita diversão a miúdos e graúdos. As entradas já estão à venda (convém comprar com antecedência pois a capacidade máxima é de 3500 pessoas em simultâneo e até 5 mil por dia) e custam 38,5€ por adulto e 35,5€ por criança (dos 4 aos 11 anos). O parque aquático dispõe de hotel, o novo Kronasar (abriu em maio), baseado num museu de história natural, e há alternativas diversificadas no que toca à restauração.

www.europapark.de/en/rulantica

 

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Filtro 3D permite experimentar maquilhagem Dior
Automonitor
Elétricos: Galp vai inaugurar primeiro ponto de carregamento em São Miguel