31ª BTL. Turismo de Portugal apresenta plano para travar fuga de turistas ingleses

Setor nacional teme efeitos do divórcio entre o Reino Unido e a Europa.

Com a data da saída do Reino Unido da União Europeia a aproximar-se a passos largos, o Turismo de Portugal criou um plano de contingência para o setor nacional, que inclui uma campanha digital específica para este mercado, a ser apresentado na 31ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que decorre de 13 a 17 de março, na Feira Internacional de Lisboa.

Nesta edição, a estruturação de novos produtos para a valorização do Interior, a sustentabilidade, a inovação, empreendedorismo, a formação, emprego e a promoção de Portugal enquanto destino turístico vão estar no centro de várias iniciativas da entidade, que começa por apresentar no arranque da BTL, às 13:30, no pavilhão 3 – Auditório AVK, o plano de ação para o enoturismo em Portugal. O objetivo é promover o destino e diversificar os mercados emissores, reduzir a sazonalidade e alargar o turismo a todo o território, bem como potenciar a gastronomia e vinhos, ativos incritos na Estratégia Turismo 2027.

Por outro lado, e considerando a importância da sustentabilidade, serão divulgados os resultados do Observatório de Turismo Sustentável do Algarve no dia 14 de março, pelas 14 horas, no stand da Região de Turismo do Algarve.

O Turismo de Portugal dará também a conhecer algumas das iniciativas previstas no âmbito da cooperação internacional e acompanhamento do Reino Unido, principal mercado emissor de turistas para o país. É o caso do II Fórum de Negócios e Investimentos Turísticos no Espaço da CPLP e do seminário “UK Outbound Travel Market – opportunities and challenges”, que acontecem a 14 e 15 de março, pelas 14:30 e 10 horas, respetivamente, no pavilhão 3 – Auditório AVK.

Pelo segundo ano, o pavilhão 2 contará com o BTL Lab, com o apoio do Centro de Inovação do Turismo, no qual 40 startups têm a oportunidade de apresentar os seus projetos inovadores na área do turismo, às empresas do setor. Nos últimos dois anos, foram apoiadas mais de 600 startups, através de 25 programas de aceleração por todo o país, representando um investimento superior a dois milhões de euros.

Quanto aos recursos humanos, o Turismo de Portugal apoia o projeto Bolsa de Empregabilidade, que acontece no Pavilhão Multiusos, de 15 a 16 de março, e conta este ano com a participação de 70 empresas, com mais de 10 mil ofertas de emprego na área do turismo. Este espaço de 1500 metros quadrados será também palco de conferências e debates sobre turismo e empregabilidade.

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira