Passaporte português é o sétimo mais poderoso do mundo

O Henley Passport Index, o índice que enumera os passaportes que dão acesso a um maior número de destinos sem necessidade de visto prévio, já revelou os melhores passaportes para viajar nesta nova década.

O Henley Passport Index, o índice que enumera os passaportes que dão acesso a um maior número de destinos sem necessidade de visto prévio, já revelou os melhores passaportes para viajar nesta nova década. O passaporte japonês foi considerado como o mais poderoso do mundo e Portugal está agora num simpático sétimo lugar na nova tabela, divulgou a Henley & Partners, entidade responsável pelo índice.

O índice Henley, feito com base em informação recolhida na Associação Internacional de Transporte Aéreo, coloca nos lugares cimeiros sobretudo países asiáticos: Singapura surge em segundo lugar, sendo que o terceiro lugar é ocupado, em simultâneo, pela Coreia do Sul e Alemanha.

Em dados mais concretos, o passaporte japonês permite acesso a 191 países enquanto o de Singapura abre as portas a 190 destinos e os da Alemanha e Coreia do Sul a 189 países. Portugal garante o sétimo lugar na tabela ao oferecer acesso a 185 países.

No fim da tabela encontra-se o passaporte do Afeganistão que apenas abre portas a 26 países em todo o mundo. Destaque ainda para os Emirados Árabes Unidos que neste novo índice ocupam agora a 18º posição, registando uma subida de 47 lugares na última década.

Outras Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Marcas sem marca ganham força em 2020
Automonitor
Elétricos: Galp vai inaugurar primeiro ponto de carregamento em São Miguel