10 países para visitar após o fim da pandemia

De acordo com a Lonely Planet estes serão 10 dos destinos a visitar quando terminarem as restrições da pandemia causada pelo Covid-19

O sector do turismo foi um dos mais atingidos pela pandemia originada pelo Covid-19. Com fronteiras fechadas, é pedido a todos que não viajemos ou que o façamos dentro do nosso país. Assim, teremos de adiar um pouco aquela viagem tão desejada mas ta~não significa que não olhemos para o mundo em busca de novos destinos para visitar quando tudo isto terminar.

Aqui fica uma lista de 10 sugestões compiladas pela Lonely Planet para que o desejo de conhecer o mundo não desapareça.

Butão

Reino budista localizado no extremo leste dos Himalaias, é conhecido pelo mosteiros, as fortalezas (ou dzongs) e as impressionantes paisagens que incluem planícies subtropicais até montanhas íngremes e vales.  Os visitantes podem caminhar por trilhos de montanhas numa sintonia com o ambiente. O Butão é o único país negativo em carbono do mundo, sendo que o reino será, ainda este ano, a primeira nação totalmente orgânica.

Inglaterra

Passear num píer ventoso, comer o famoso fish&fries, descobrir a vida marinha, procurar fósseis em penhascos antigos, construir castelos na areia e observar golfinhos são algumas das actividades possíveis de fazer no pouco explorado litoral da Inglaterra. Quando o Caminho da Costa da Inglaterra estiver concluído, terá quase 4500 quilómetros de trilhos o que fará deste o mais longo do género em todo o mundo.

Macedónia

Nação balcânica sem saída para o mar e repleta de montanhas, lagos e cidades antigas com arquitectura típica. Escópia, a sua capital, é conhecida pelo bairro Old Bazaar e pelos edifícios históricos que hoje acolhem inúmeros museus, como a Galeria Nacional da Macedónia. Conhecido pela gastronomia e tradições antigas, muitos outros motivos de interesse tem para cativar os visitantes, como o Lago Ohrid, protegido pela Unesco, e a High Scardus Trail, uma caminhada de 495 quilómetros.

Aruba

Pequena ilha do Caribe deixa os visitantes encantados.  O mar, com diferentes tons de azul e verde, dá as boas-vindas. Com praias e quase sem ondas, é perfeita para descansar. Palm Beach e Eagle são as mais badaladas, e Baby Beach é perfeita para dar um mergulho. Pode ainda fazer snorkel ou optar por um jeep safari, uma forma mais aventureira de conhecer a “ilha feliz”. 

Reino de Eswatíni (antiga Suazilândia)

Pequeno, agradável e repleto de cultura, aventura e vida selvagem, o recém-nomeado Reino de Eswatíni é um dos destinos imperdivel na África Austral. O novo aeroporto internacional, bem como uma renovada infraestrutura viária que o liga às diferentes áreas de conservação e à capital, têm como objectivo aumentar o número de visitantes nos próximos anos.  As variadas paisagens oferecem momentos emocionantes, seja na tirolesa, no trekking ou no rafting.

Costa Rica

Sob a bandeira do turismo sustentável, é assim que vive a Costa Rica. A vasta biodiversidade deste pequeno país atrai visitantes interessados ​​em ver sonolentas preguiças, sapos de olhos vermelhos e baleias no Pacífico. A população compreende a importância de preservar o seu paraíso tropical, sendo esta preservação uma excelente forma de convidar mais visitantes. Os amantes da aventura podem caminhar nos vulcões ou andar de tirolesa, enquanto os que buscam paz espiritual podem desfrutar de retiros de ioga e experiências de spa. Tudo sob o slogan “pura vida”.

Holanda

No ano em que assinala 75 anos desde o final da Segunda Guerra Mundial, a Holanda prepara-se para comemorar a data com muitos eventos em todo o país. Comece a sua visita por Amesterdão e depois siga para conhecer outras cidades e localidades cheias de vida e alegria. Usufrua da rede de mais de 35 mil quilómetros de ciclovias para explorar outras atracções, descobrindo a riqueza da natureza holandesa.

Uruguai

Com 660 quilómetros do Río de la Plata e de costa atlântica o Uruguai tem algo para todos. Desde destinos como Montevidéu, Punta del Este e Colonia del Sacramento os visitantes vão encontrar pessoas descontraídas, acolhedoras e hospitaleiras. Paisagens donas de beleza subtil, mas profunda não vão deixar ninguém indiferente.

Libéria

Pouco conhecido entre os turistas estrangeiros, este é um país que irradia felicidade e alegria. Com um povo optimista e paisagens naturais incríveis, o destino oferece ainda praias maravilhosas. O Parque Nacional de Sapo, a segunda maior área de floresta tropical primária da África Ocidental proporciona momentos inesquecíveis aos visitantes que ali podem descobrir chimpanzés, elefantes e os famosos hipopótamos-pigmeus da Libéria.

Marrocos

Unidades hoteleiras sustentáveis ​​e elegantes, restaurantes de qualidade que servem produtos sazonais e retiros de bem-estar que misturam ioga e surf. Tudo isto os visitantes vão encontrar em Marrocos. Com uma infraestrutura rodoviária melhorada, é agora mais fácil e seguro circular de automóvel, enquanto o primeiro comboio de alta velocidade da África liga Casablanca a Tânger em apenas duas horas. Do roteiro deverá constar Marraquexe, assim como as montanhas do Atlas e as areias do deserto.

 

Ler Mais
Outras Notícias
Comentários
Loading...